InícioInício  FAQFAQ  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  MembrosMembros  GruposGrupos  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 SAÚDE

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4
AutorMensagem
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: SAÚDE   Seg Mar 31, 2008 12:41 pm

sairam de portugal COM OS DEDOS inchadissimos, PORQUE NAO ESTAO HABITUADOS A tanto sal!!!!!!!!!! O SAL so esconde o SABOR!!!!!!!!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
ronhas



Mensagens : 520
Data de inscrição : 15/10/2007

MensagemAssunto: Re: SAÚDE   Seg Mar 31, 2008 12:53 pm

Todas as semanas almoço no Funil. Nunca lá provei a tal mousse salgada.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: SAÚDE   Seg Mar 31, 2008 1:00 pm

Nao foi MOUSSE. FOI BOLO. Muitos anos atraz!!!! E queixaram-se que estava salgado!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Presidente da Junta
Admin
avatar

Mensagens : 944
Data de inscrição : 17/10/2007

MensagemAssunto: Depressões curadas com música «pimba»   Dom Abr 06, 2008 8:05 am

Depressões curadas com música «pimba»

2008/04/06 | 14:02

Musicoterapia usada também para tratar toxicodependência ou AVC

A música clássica, o hip hop, o rock, o pop e até a «pimba» podem ser utilizadas em tratamentos de musicoterapia em patologias tão diferentes como a depressão, a toxicodependência ou os acidentes vasculares cerebrais, noticia a agência Lusa.

Em entrevista à agência Lusa, a presidente da Associação Portuguesa de Musicoterapia , Teresa Leite, explicou o que é esta terapêutica, as etapas dos tratamentos e a evolução que tem tido em Portugal.

«Em Portugal o interesse surgiu nos anos 1960 e tal como no estrangeiro, começou na psiquiatria com doentes profundos e mais tarde com pessoas ligadas à educação musical que trabalhavam com crianças deficientes e autistas», disse.

Terapia através do som

«A musicoterapia é a utilização do som, da música num plano com objectivos terapêuticos, junto de pessoas que apresentam algum tipo de problemática, que precisam de ser ajudadas e que mostram sinais de beneficiarem de uma ajuda através da música», explicou a responsável.

O tratamento, adiantou Teresa Leite, pode ser feito através da escuta ou da prática musical, consoante o tipo de patologia que a pessoa apresenta.

Música como cura da depressão

No que diz respeito às patologias que podem ser tratadas com musicoterapia, Teresa Leite indicou que podem ser várias, desde a depressão, o autismo, tratamento da dor, acidentes vasculares cerebrais, hiperactividade ou enfartes.

«Por exemplo, uma pessoa que sofreu um acidente vascular cerebral muitas vezes fica com sequelas motoras e cognitivas; aí vamos arranjar actividades de improvisação, de execução instrumental para trabalhar as motricidades para ajudar a pessoa a usar a mão ou a falar e até para facilitar a recuperação de memórias», contou.

PD



aqui a Ruth Marlene diz que ....
Quanto mais Melhor



ela lá sabe ..... Laughing Laughing Laughing
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Vitor mango

avatar

Mensagens : 4711
Data de inscrição : 13/09/2007

MensagemAssunto: Venda de Depuralina foi suspensa em Espanha   Qua Abr 09, 2008 2:17 pm

Venda de Depuralina foi suspensa em Espanha
Empresa responsável pelo produto operava ilegalmente



A Agência Espanhola de Segurança Alimentar anunciou a suspensão da venda de Depuralina, um suplemento alimentar que poderá estar na origem de oito casos de reacções adversas em Portugal, denunciando ainda que a empresa que o produz operava ilegalmente.

Segundo a agência, a empresa Cataro-Nopal Sl está a trabalhar de forma ilegal, dado que não consta dos registos oficiais espanhóis para produzir este tipo de produtos.

A venda do produto, normalmente usado em dietas, foi suspensa em Portugal no início do mês, tendo as autoridades portuguesas alertado as congéneres de Espanha, onde a Depuralina continuava a ser vendida, tanto através da Internet como em lojas de produtos naturais.

Apesar da iniciativa da agência espanhola de Segurança Alimentar, não existe em Espanha nenhum registo de possíveis reacções adversas ao produto.

Em Portugal, as autoridades de saúde estão a investigar oito casos de pessoas com reacções adversas que podem estar relacionados com o consumo de Depuralina.

Segundo o director-geral da Saúde, Francisco George, está a tentar demonstrar-se se existe uma relação entre as reacções adversas manifestadas por aquelas pessoas com o consumo de Depuralina.

"Essa demonstração, que se chama imputação causal, é um processo complexo. Os trabalhos estão a decorrer", disse hoje aos jornalistas, à margem de um encontro no âmbito da Plataforma de Obesidade
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Presidente da Junta
Admin
avatar

Mensagens : 944
Data de inscrição : 17/10/2007

MensagemAssunto: Infarmed autoriza venda de medicamentos na Net   Qui Abr 17, 2008 5:48 am

Like a Star @ heaven



Os portugueses vão poder comprar medicamentos pelo telefone, fax ou correio electrónico. O Infarmed, órgão regulador do sector, autorizou hoje este tipo de transacções.

O Infarmed anunciou que as farmácias e estabelecimentos que vendam medicamentos não sujeitos a receita médica poderão, a partir de hoje, registar-se para aderir a esta nova forma de venda. Os utilizadores poderão ter de pagar uma taxa pela entrega dos medicamentos ao domicílio.

A página Web do Infarmed vai apresentar uma lista dos estabelecimentos com autorização para este novo modelo de negócio. Cada estabelecimento deverá ter o seu próprio site, onde deverão constar o preço do serviço prestado, as formas de pagamento aceites, o tempo previsto de entrega e a área de abrangência.

O Infarmed aproveitou para, em conferência de imprensa, informar que os portugueses já compravam medicamentos através da Internet há algum tempo, mas de forma ilegal, o que será um risco para a saúde porque os fármacos podem ser contrafeitos. Inicialmente, os mais comprados desta forma eram os medicamentos para disfunção eréctil e a obesidade, enquanto actualmente a preferência recai nos remédios para a oncologia, cardiologia e doenças do sistema nervoso central.


Revista Exame
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: SAÚDE   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
SAÚDE
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 4 de 4Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Ciência-
Ir para: