InícioInício  FAQFAQ  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  MembrosMembros  GruposGrupos  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Al-Qaeda reivindica atentado

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Vitor mango

avatar

Mensagens : 4711
Data de inscrição : 13/09/2007

MensagemAssunto: Al-Qaeda reivindica atentado   Sex Dez 28, 2007 6:18 am

Al-Qaeda reivindica atentado
Segundo uma agência de notícias italiana, a Al-Qaeda reivindicou a autoria do atentado que matou Benazir Bhutto. O FBI e o Departamento de Segurança Norte-Americano confirmam.
10:29 | Sexta-feira, 28 de Dez de 2007


Al-Qaeda reivindica atentado A morte de Benazir Bhutto está a gerar uma onda de violência no Paquistão
Mian Khursheed/Reuters
A morte de Benazir Bhutto está a gerar uma onda de violência no Paquistão

A agência noticiosa italiana AKI anunciou esta madrugada que a organização terrorista Al-Qaeda reivindicou o atentado que matou quinta-feira a ex-primeira-ministra paquistanesa Benazir Bhutto.

O Governo paquistanês começou por dizer que desconhecia qualquer ligação da organização terrorista ao atentado. mas horas mais tarde adiantou que a morte de Benazir Bhutto está "quase de certeza" ligada à organização terrorista.

A CNN avançou que a possibilidade do atentado ser da autoria da Al-Qaeda consta de um documento do FBI e do Departamento de Segurança Norte-Americano.

Onda de violência

A onda de violência provocada pela morte da antiga primeira-ministra já matou pelo menos 14 pessoas. Dez pessoas morreram em tiroteios na cidade de Karachi, no Sul do país, onde activistas do Partido Popular do Paquistão (PPP), de Bhutto, incendiaram veículos e gasolineiras em várias zonas da cidade, de acordo com uma fonte policial citada pelas televisões locais.

Outras duas pessoas morreram na cidade oriental de Lahore, onde partidários de Bhutto também incendiaram lojas, autocarros e viaturas, de acordo com um chefe policial da região.

Na localidade de Tando Allahyar, situada na província de Sindh, no Sudeste do Paquistão, a polícia carregou contra uma manifestação e nos confrontos morreu um manifestante. Outro homem morreu num tiroteio no distrito de Khairpur, também em Sindh, segundo a polícia.

Os activistas do PPP reagiram à morte da sua líder atacando objectivos da Liga Muçulmana do Paquistão incendiando gasolineiras e veículos.

A polícia paquistanesa dispersou à bastonada e com gás lacrimogéneo mais de uma centena de manifestantes em Peshawar, no noroeste do país.


Sharif exige adiamento de eleições

O ex-primeiro-ministro Nawaz Sharif, um dos principais líderes da oposição paquistanesa, afirmou esta sexta-feira que a manutenção da data das eleições legislativas, após o assassínio de Benazir Bhutto, conduziria à destruição do Paquistão.

Sharif, que voltou a pedir a demissão do presidente Pervez Musharraf, deu a entender que o assassínio de Benazir Bhutto é da responsabilidade do líder paquistanês, ao afirmar que o atentado de quinta-feira "prova" que o chefe de Estado não tem "qualquer intenção" de efectuar eleições "livres e equilibradas".

"Se o Governo continuar a manter a data das eleições de 8 de Janeiro, isso vai levar-nos ao caminho da autodestruição, que não acabará apenas na destruição do Governo mas também do próprio país", disse Nawaz Sharif aos jornalistas.

O responsável da oposição paquistanesa comentava declarações do primeiro-ministro interino, segundo as quais o Governo não tinha para já a intenção de adiar as eleições, acrescentando, contudo, qualquer decisão sobre o assunto seria objecto de consultas aos partidos políticos.

Entretanto, o Governo do Paquistão ordenou o encerramento por três dias dos bancos, escolas e comércio, na sequência dos actos de violência ocorridos depois do assassínio de Benazir Bhutto.

"Todas as instituições escolares públicas ou privadas, todas as sociedades e centros comerciais, todos os bancos do país devem ficar fechados por três dias com efeito imediato", anunciou o Ministério do Interior num comunicado.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Vitor mango

avatar

Mensagens : 4711
Data de inscrição : 13/09/2007

MensagemAssunto: Re: Al-Qaeda reivindica atentado   Sex Dez 28, 2007 6:21 am

Caro RON
E agora ainda duvida
Como me tenho esfalfado a dizer estamos metidos numa guerra religiosa e tudo tem a ver com o que se passa na Palestina
Para lutar por esta causa não é com aviões e bombas
mas sim com cérebro ...coisa que o Bush não teve nem nunca terá

Uma guerra vence-se conhecendo bem o NOSSO inimigo e actuar com ...bla bla
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
trocatretas

avatar

Mensagens : 308
Data de inscrição : 14/11/2007
Idade : 61

MensagemAssunto: Re: Al-Qaeda reivindica atentado   Sex Dez 28, 2007 9:21 am

Depois de Bush.

Muxárraf confirmou.

Agora a "al-qaeda" reivindica.

Conclusão,

O terrorismo

é lixado mas muito conveniente
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Al-Qaeda reivindica atentado   Sex Dez 28, 2007 11:30 am

TERRORISMO? Que terrorismo?Isso e tudo INVENCAO do BUSH!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Al-Qaeda reivindica atentado   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Al-Qaeda reivindica atentado
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» JESUS É TENTADO POR SATANÁS!

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Europa e o Mundo-
Ir para: