InícioInício  FAQFAQ  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  MembrosMembros  GruposGrupos  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Índia assinala 60º aniversário do assassinato de Gandhi

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Xô Esquerda

avatar

Mensagens : 703
Data de inscrição : 15/12/2007

MensagemAssunto: Índia assinala 60º aniversário do assassinato de Gandhi   Qua Jan 30, 2008 2:48 pm

Índia assinala 60º aniversário do assassinato de Gandhi

A Índia celebra hoje o 60º aniversário do assassinato de Mahatma Gandhi, cujos seguidores reivindicam a necessidade de «reinventar» a sua figura num país que parece estar a esquecer-se dos ideais do seu pai fundador.

O Mar Árabe recebeu hoje as últimas cinzas de «Mahatma» (grande alma) Gandhi, numa cerimónia nas águas em frente à cidade de Bombaim, onde estiveram presentes familiares e autoridades.

As cinzas encontravam-se no Museu Mani Bhawan de Bombaim, as quais foram cedidas há dois meses por Bharat Narayan, um habitante do estado de Gujarat, de onde era natural Gandhi.

Depois da morte de Gandhi, as suas cinzas «foram depositadas em urnas que estavam destinadas a serem repartidas por várias regiões do país, como Maharashtra, Gujarat e Tamil Nadu (sul)», mas nem todas foram, disse à agência de notícias espanhola EFE o presidente do conselho de peritos do museu, Dhiru Netha.

Os pais de Narayan, colaboradores próximos de Gandhi, «não puderam espalhar as cinzas quando o »Mahatma« morreu, ficando com a urna», explicou.

Uma anterior urna tinha sido encontrada em 1997 no estado oriental de Orissa e depositada no rio Ganges pouco tempo depois.

«Que eu saiba, estas (as que foram hoje espalhadas) são as últimas cinzas de Gandhi», acrescentou Netha.

Em Nova Deli, a presidente indiana, Pratibha Patil, e outras autoridades prestaram tributo a Gandhi no memorial de Rajghat, lugar onde foi assassinado por Nathuram Godse, um radical hindu que o acusava de ignorar os interesses dos hindus para agradar às minorias e da fragmentação do país.

Seis décadas depois, os seguidores do «bapu» (pai), como muitos chamam a Gandhi na Índia, lamentam que os seus ideais e princípios estejam a morrer lentamente.

«Nathuram Godse matou-o fisicamente uma vez, mas o povo, os intelectuais, os políticos e os funcionários corruptos estão a matá-lo todos os dias», afirmou o subdirector do Museu Nacional de Gandhi, A.D.Mishra.

A Índia é uma potência económica «em alta, mas está cada dia mais subdesenvolvida», disse, aludindo às enormes desigualdades entre ricos e pobres no país.

Gandhi fez da «não violência» uma estratégia na luta contra o Império Britânico e contra a injustiça que o sistema de castas causava.

Sessenta anos depois da sua morte, o sistema de castas, apesar de legalmente abolido, ainda persiste na vida política deste país que actualmente possui armas nucleares e um poderoso Exército.

Mishra defende o «reinventar da figura do »Mahatma« e incutir de novo entre as pessoas os seus valores esquecidos», isto para ressalvar que é no Ocidente que tem crescido o interesse pela figura de Gandhi.

«Agora, voltamo-nos para o Ocidente à procura de informação sobre ele. É como se estivéssemos a importar (o nosso) Gandhi do estrangeiro», ironizou.

Netha, por outro lado, pensa que a Índia «ainda recorda Gandhi»: «os seus ensinamentos são eternos, impregnam a vida da Índia. Levamo-lo sempre connosco».

Para Debes Vijay, professor de História da Universidade de Deli, a Índia continua a dever a Gandhi um grande legado: o de ser um país democrático.

Diário Digital / Lusa

30-01-2008 17:52:00
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Índia assinala 60º aniversário do assassinato de Gandhi
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» A mega operação para a visita de Obama à Índia.
» Feliz Aniversário amados JEDU e Prisioneiro de Patmos!
» Problema (aniversário)
» Feliz Aniversário Guilherme!
» (UF- Uberlândia)

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Europa e o Mundo-
Ir para: