InícioInício  FAQFAQ  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  MembrosMembros  GruposGrupos  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 A reduzida importância do discurso de Bush

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Xô Esquerda

avatar

Mensagens : 703
Data de inscrição : 15/12/2007

MensagemAssunto: A reduzida importância do discurso de Bush   Qua Jan 30, 2008 2:55 pm

A reduzida importância do discurso de Bush


MANUEL RICARDO FERREIRA, Nova Iorque

A reduzida importância do discurso de Bush

Presidente anunciou que 20 mil militares poderão regressar em breve
Ninguém espera que um presidente dos EUA faça, no seu último discurso sobre o Estado da União, grandes promessas ou apresente planos grandiosos. Os discursos em que George W. Bush defendeu grandes projectos para a economia, educação ou Segurança Social e falou do "eixo do mal" e da guerra quase messiânica contra o terror passaram à história.

Na noite de segunda-feira [madrugada de ontem em Lisboa], apenas dois temas sobressaíram nos mais de 45 minutos de discurso: a guerra no Iraque e o plano de revitalização económica para evitar a recessão.

Declarando este último ponto a sua "principial prioridade em política interna", Bush pediu ao Congresso que aprove rapidamente o seu pacote de estímulo económico de 150 mil milhões de dólares, que inclui devolução de impostos às famílias e redução de impostos para as empresas: "No momento em que aqui nos reunimos, a nossa economia está a atravessar um período de incerteza. Em todos os lares do país, há preocupação sobre o nosso futuro económico. A longo prazo, os americanos podem estar confiantes quanto ao nosso crescimento económico. Mas a curto prazo, podemos ver que esse crescimento está a abrandar."

"A tentação será a de carregar a proposta de lei. Isso iria atrasá-la ou descarrilá-la, e nenhuma dessas opções é aceitável", disse num alerta contra a inclusão, na proposta e pelos congressistas, de mais despesas.

Sobre a guerra no Iraque, Bush afirmou que o aumento de tropas teve um efeito dramático, "conseguindo resultados que poucos de nós poderiam sequer imaginar há um ano. Alguns podem negar que este aumento está a funcionar, mas entre os terroristas não há dúvidas. A al-Qaeda está em fuga no Iraque, e este inimigo será derrotado." Os resultados são tão bons que "em breve 20 mil militares poderão regressar a casa, e não serão substituídos", disse Bush que anunciou um redobrar de esforços no apoio aos militares que regressam e aos desmobilizados, em especial aos feridos em combate e aos que apresentam sintomas de stress pós-traumático de guerra.

No capítulo de segurança, Bush referiu a Lei de Protecção da América, que horas antes o Senado recusara prolongar por uma votação de 48-45, e cuja vigência termina sexta-feira: "Precisamos de saber com quem os terroristas estão a falar, o que dizem, e o que planeam. Isso significa que se não agirem até sexta-feira, a nossa capacidade de seguir as ameaças terroristas será enfraquecida."

Sinal que os comentadores consideraram como reflexo da reduzida importância do discurso foi o tempo que as televisões dedicaram a Barack Obama, ao lado de Ted Kennedy e em diálogo animado, sob o olhar não muito satisfeito de Hillary Clinton, sentada imediatamente atrás deles.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: A reduzida importância do discurso de Bush   Qua Jan 30, 2008 2:57 pm

DIZEM ISSO tem 7anos!!! Sleep Sleep Sleep Sleep Sleep
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
A reduzida importância do discurso de Bush
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Sapato jogado em Bush vende mais
» Equação Reduzida dos planos
» Equação Reduzida da parábola
» Discurso direto e indireto
» papa João Paulo II a besta do apocalipse, George W. Bush a besta que sobe do abismo

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Europa e o Mundo-
Ir para: