InícioInício  FAQFAQ  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  MembrosMembros  GruposGrupos  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 A LIBERDADE É AMORAL... (I)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2, 3 ... 20 ... 40  Seguinte
AutorMensagem
Anarca
Admin
avatar

Mensagens : 1605
Data de inscrição : 13/09/2007

MensagemAssunto: A LIBERDADE É AMORAL... (I)   Qua Out 03, 2007 2:47 am

Para aqueles que queiram falar de tudo ao mesmo tempo...
Tipo conversa de café...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Anarca
Admin
avatar

Mensagens : 1605
Data de inscrição : 13/09/2007

MensagemAssunto: Re: A LIBERDADE É AMORAL... (I)   Qua Out 03, 2007 2:50 am

Soneto do maior amor

Maior amor nem mais estranho existe
Que o meu, que não sossega a coisa amada
E quando a sente alegre, fica triste
E se a vê descontente dá risada.

E que só fica em paz se lhe resiste
O amado coração, e que se agrada
Mais da eterna aventura em que persiste
Que de uma vida mal aventurada.

Louco amor meu, que quando toca, fere
E quando fere vibra, mas prefere
Ferir a fenerecer - e vive e esmo

Fiel à sua lei de cada instante
Desassombrado, doido, delirante
Numa paixão de tudo e de si mesmo.

Vinicius de Moraes
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
ypsi



Mensagens : 889
Data de inscrição : 15/09/2007

MensagemAssunto: Re: A LIBERDADE É AMORAL... (I)   Qua Out 03, 2007 3:25 am

Olá Anarca !

Desejo-lhe um Excelente Dia !

Vou sugerir à Administração deste Fórum, a criação de uma Rubrica, cujo título poderia ser por exemplo:

- Vagas de Liberdade

Nesta Rubrica seria dada toda a liberdade a cada membro para criar, um tópico, de cariz individual. Tipo Blog.

Penso que nessa Rubrica a criar, se a Administração concordar, e os restantes membros apoiarem a ideia, ficaria muito melhor este seu tópico.

Bem Haja.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Anarca
Admin
avatar

Mensagens : 1605
Data de inscrição : 13/09/2007

MensagemAssunto: Re: A LIBERDADE É AMORAL... (I)   Qua Out 03, 2007 3:43 am

Cara Mami,

Penso que é uma excelente ideia...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Vitor mango

avatar

Mensagens : 4711
Data de inscrição : 13/09/2007

MensagemAssunto: Re: A LIBERDADE É AMORAL... (I)   Qua Out 03, 2007 6:24 am

Mami escreveu:
Olá Anarca !

Desejo-lhe um Excelente Dia !

Vou sugerir à Administração deste Fórum, a criação de uma Rubrica, cujo título poderia ser por exemplo:

- Vagas de Liberdade

Nesta Rubrica seria dada toda a liberdade a cada membro para criar, um tópico, de cariz individual. Tipo Blog.

Penso que nessa Rubrica a criar, se a Administração concordar, e os restantes membros apoiarem a ideia, ficaria muito melhor este seu tópico.

Bem Haja.

Por acaso ja tinha escrito ao Pantera about minha cara about
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Vitor mango

avatar

Mensagens : 4711
Data de inscrição : 13/09/2007

MensagemAssunto: Re: A LIBERDADE É AMORAL... (I)   Qua Out 03, 2007 6:25 am

Anarca escreveu:
Soneto do maior amor

Maior amor nem mais estranho existe
Que o meu, que não sossega a coisa amada
E quando a sente alegre, fica triste
E se a vê descontente dá risada.

E que só fica em paz se lhe resiste
O amado coração, e que se agrada
Mais da eterna aventura em que persiste
Que de uma vida mal aventurada.

Louco amor meu, que quando toca, fere
E quando fere vibra, mas prefere
Ferir a fenerecer - e vive e esmo

Fiel à sua lei de cada instante
Desassombrado, doido, delirante
Numa paixão de tudo e de si mesmo.

Vinicius de Moraes

falta a viola carago
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
ypsi



Mensagens : 889
Data de inscrição : 15/09/2007

MensagemAssunto: Re: A LIBERDADE É AMORAL... (I)   Qua Out 03, 2007 6:48 am

Vitor mango escreveu:

Por acaso ja tinha escrito ao Pantera about minha cara about

T-E-L-E-P-A-T-I-A !!!


Isto nos Fóruns, é como nos casamentos, a partir de certa altura, já não é preciso escrever, porque já se sabe o que vem da "outra parte".

lol!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Anarca
Admin
avatar

Mensagens : 1605
Data de inscrição : 13/09/2007

MensagemAssunto: Re: A LIBERDADE É AMORAL... (I)   Qua Out 03, 2007 8:09 am

Para alegrar...

José Sócrates vai visitar um hospício e tem uma recepção apoteótica por uma comissão de pacientes.

- Viva o Primeiro Ministro! Viva o Primeiro Ministro! - gritavam eles, entusiasmados.

Ao ver um dos elementos do grupo calado, um dos assessores de Santana abordou-o e perguntou:

- E você, por que é que não está a gritar "Viva o Primeiro Ministro"?

- Porque eu não sou louco, sou médico!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Vitor mango

avatar

Mensagens : 4711
Data de inscrição : 13/09/2007

MensagemAssunto: Re: A LIBERDADE É AMORAL... (I)   Qua Out 03, 2007 10:06 am

Mami escreveu:
Vitor mango escreveu:

Por acaso ja tinha escrito ao Pantera about minha cara about

T-E-L-E-P-A-T-I-A !!!


Isto nos Fóruns, é como nos casamentos, a partir de certa altura, já não é preciso escrever, porque já se sabe o que vem da "outra parte".

lol!

boa dica
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Vitor mango

avatar

Mensagens : 4711
Data de inscrição : 13/09/2007

MensagemAssunto: Re: A LIBERDADE É AMORAL... (I)   Qua Out 03, 2007 10:07 am

Anarca escreveu:
Para alegrar...

José Sócrates vai visitar um hospício e tem uma recepção apoteótica por uma comissão de pacientes.

- Viva o Primeiro Ministro! Viva o Primeiro Ministro! - gritavam eles, entusiasmados.

Ao ver um dos elementos do grupo calado, um dos assessores de Santana abordou-o e perguntou:

- E você, por que é que não está a gritar "Viva o Primeiro Ministro"?

- Porque eu não sou louco, sou médico!


Very Happy Very Happy Very Happy Very Happy Very Happy Very Happy Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Anarca
Admin
avatar

Mensagens : 1605
Data de inscrição : 13/09/2007

MensagemAssunto: Re: A LIBERDADE É AMORAL... (I)   Qua Out 03, 2007 10:16 am

Gabriel Garcia Marquez, pensador, escritor e cidadão do Mundo, retirou-se da vida pública devido a um cancro linfático.

Este foi o texto que enviou aos seus amigos como carta de despedida.

"Se por um instante Deus se esquecesse de que sou uma marioneta de trapo e me oferecesse mais um pouco de vida, não diria tudo o que penso, mas pensaria tudo o que digo.

Daria valor às coisas, não pelo que valem, mas pelo que significam.

Dormiria pouco, sonharia mais, entendo que por cada minuto que fechamos os olhos, os sessenta segundos de luz.

Andaria quando os outros param, acordaria quando os outros dormem.

Ouviria quando os outros falam, e como desfrutaria de um bom gelado de chocolate!

Se Deus me oferecesse um pouco de vida, vestir-me-ia de forma simples, deixando a descoberto, não apenas o meu corpo, mas também a minha alma.

Meu Deus, se eu tivesse um coração, escreveria o meu ódio sobre o gelo e esperava que nascesse o sol.

Pintaria com um sonho de Van Gogh sobre as estrelas de um poema de Benedetti, e uma canção de Serrat seria a serenata que ofereceria à lua.

Regaria as rosas com as minhas lágrimas para sentir a dor dos seus espinhos e o beijo encarnado das suas pétalas...

Meu Deus, se eu tivesse um pouco de vida...

Não deixaria passar um só dia sem dizer às pessoas de quem gosto que gosto delas.

Convenceria cada mulher ou homem que é o meu favorito e viveria apaixonado pelo amor.

Aos homens provar-lhes-ia como estão equivocados ao pensar que deixam de se apaixonar quando envelhecem, sem saberem que envelhecem quando deixam de se apaixonar!

A uma criança, dar-lhe-ia asas, mas teria que aprender a voar sozinha.

Aos velhos, ensinar-lhes-ia que a morte não chega com a velhice, mas sim com o esquecimento.

Tantas coisas aprendi com vocês, os homens...

Aprendi que todo o mundo quer viver em cima da montanha, sem saber que a verdadeira felicidade está na forma de subir a encosta.

Aprendi que quando um recém-nascido aperta com a sua pequena mão, pela primeira vez, o dedo do seu pai, o tem agarrado para sempre.

Aprendi que um homem só tem direito a olhar outro de cima para baixo quando vai ajudá-lo a levantar-se.

São tantas as coisas que pude aprender com vocês, mas não me hão-de servir realmente de muito, porque quando me guardarem dentro dessa maleta, infelizmente estarei a morrer..."


GABRIEL GARCIA MARQUEZ
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
ypsi



Mensagens : 889
Data de inscrição : 15/09/2007

MensagemAssunto: Re: A LIBERDADE É AMORAL... (I)   Qua Out 03, 2007 11:19 am

Escolhi estas Anarca !



Daria valor às coisas, não pelo que valem, mas pelo que significam.


Aprendi que todo o mundo quer viver em cima da montanha, sem saber que a verdadeira felicidade está na forma de subir a encosta.


Aprendi que um homem só tem direito a olhar outro de cima para baixo quando vai ajudá-lo a levantar-se.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Anarca
Admin
avatar

Mensagens : 1605
Data de inscrição : 13/09/2007

MensagemAssunto: Re: A LIBERDADE É AMORAL... (I)   Qua Out 03, 2007 11:34 am

Pois é cara Mami...

Está na natureza dos homens - e mulheres - tudo fazer para subir...

Até um homem como Gabriel Garcia Marquez, só percebeu muitas coisas na hora da morte...

Recentemente, num funeral de um familiar meu, o Padre disse o seguinte:

"Ninguém sabe a que horas chega a morte, pelo que devemos estar sempre preparados"

Mas nunca estamos...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
ypsi



Mensagens : 889
Data de inscrição : 15/09/2007

MensagemAssunto: Re: A LIBERDADE É AMORAL... (I)   Qua Out 03, 2007 11:43 am

Anarca escreveu:
Até um homem como Gabriel Garcia Marquez, só percebeu muitas coisas na hora da morte...


Às vezes, digo que nos faria muito bem ir ao cemitério, uma vez por mês.

Sabe porquê que digo isto ?

Quando morre alguém de quem gosto, e acompanho o funeral, fico com a sensação que nada vale nada, a não ser a própria vida.

é tudo tão sem importância, face ao valor da Vida.

e penso, para quê tantas preocupações ? scratch

para quê tantas guerras e confusões, se um dia ... tudo vai ser nada.

é isso ! Faz bem ir ao cemitério.

quanto mais não seja, para nos lembrarmos, que o mais importante é vivermos e estarmos de bem com todos.

Porque um dia ...

um dia, deixamo-nos de ter uns aos outros.

Para sempre !

daki nada tou a chorar com esta lamechice toda. Sad Sad Sad Sad

mas é verdade que é o que penso e o que sinto.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: A LIBERDADE É AMORAL... (I)   Qua Out 03, 2007 12:10 pm

Ir ao cemiterio e sempre uma chapada de realidade.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca
Admin
avatar

Mensagens : 1605
Data de inscrição : 13/09/2007

MensagemAssunto: Re: A LIBERDADE É AMORAL... (I)   Qua Out 03, 2007 1:45 pm

TOP 10 dos segredos femininos

76% Deram o telemóvel errado a um homem que odiaram conhecer - a frontalidade custa e as mulheres, que são educadas para serem simpaticas, optam pela saída, à primeira vista, mais fácil e menos dolorosa.

73% Fingiram o orgasmo - As razões ou justificações para tal facto são as mais variadas: umas vezes é por pena do parceiro, outras vezes é uma forma de acelarar a "coisa" e chegar rápido à parte do "adeus e nunca mais", outras ainda é porque convém.

64% Mentiram sobre o número de parceiros, para menos - Espanta que esta percentagem não seja mais alta. Mais uma vez, não fica bem dizer a verdade, ainda que teoricamente a mulher goze da mesma liberdade sexual que o homem.

60% Seduziram só para causar ciúme - Uma atitude tipicamente humana, patente quer em homens quer em mulheres, não necessariamente a mais correcta; além de se utilizar de modo literal um terceiro elemento num jogo que tem de ser feito a dois, muitas vezes o desfecho é inesperado e inverso ao pretendido.

58% Tiveram relações sexuais com ex-namorados, traindo o companheiro actual - É sempre mais fácil olhar para trás do que seguir em frente. Um dos temas abordados em “Manuale d’Amore” que vivamente se recomenda.

36% Espiaram alguém, como o próprio namorado ou um namorado de uma amiga - É feio, mas acontece seja qual for a idade, incluindo a idade em que já se devia ter juízo. Prende-se com a insegurança que todos nós sentimos em algumas alturas da vida. Seguir o outro é um acto irreflectido e de desespero.

35% Furtaram um objecto, como toalhas de hotéis e mantas de avião

17% Dormiram com dois homens no mesmo dia - Conjugando este dado com os estudos já conhecidos sobre infidelidade feminina, que tende a aumentar, admira que só 17% o admitam.

13% Fizeram sexo com o marido da melhor amiga - Para algumas mulheres, "amigas amigas, maridos à parte!"

7% Foram a uma festa sem usar qualquer peça de roupa interior - Sem dúvida uma forma de estimular a sensualidade.

(Estudo Revista Happy, Janeiro 2007, pág.40.)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: A LIBERDADE É AMORAL... (I)   Qua Out 03, 2007 2:16 pm

Anarca, os moldes participativos são os mesmos da versão original Question
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca
Admin
avatar

Mensagens : 1605
Data de inscrição : 13/09/2007

MensagemAssunto: Re: A LIBERDADE É AMORAL... (I)   Qua Out 03, 2007 2:18 pm

Caro ricardonunes,

Não entendo o que quer dizer...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: A LIBERDADE É AMORAL... (I)   Qua Out 03, 2007 2:23 pm

Vale postar quase tudo, piadas, anedotas, coisas sérias e menos sérias...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca
Admin
avatar

Mensagens : 1605
Data de inscrição : 13/09/2007

MensagemAssunto: Re: A LIBERDADE É AMORAL... (I)   Qua Out 03, 2007 2:47 pm

OK.

Vou tentar ir também aos outros tópicos, mas não consigo comentar em muitos locais ao mesmo tempo...

Gosto de falar de tudo ao mesmo tempo e no mesmo sítio, pois para mim, o diálogo assim é muito mais fácil...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: A LIBERDADE É AMORAL... (I)   Qua Out 03, 2007 5:01 pm

UM FORUM, onde nao ha regras= liberdadeoumorte.forumativo.com Laughing
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: A LIBERDADE É AMORAL... (I)   Qua Out 03, 2007 5:46 pm



scratch scratch
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: A LIBERDADE É AMORAL... (I)   Qua Out 03, 2007 5:53 pm

Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca
Admin
avatar

Mensagens : 1605
Data de inscrição : 13/09/2007

MensagemAssunto: Re: A LIBERDADE É AMORAL... (I)   Qui Out 04, 2007 2:27 am

Para começar bem o dia...
Uma poesia...


A vida

A vida é o dia de hoje,
A vida é ai que mal soa,
A vida é sombra que foge,
A vida é nuvem que voa;
A vida é sonho tão leve
Que se desfaz como a neve
E como o fumo se esvai:
A vida dura um momento,
Mais leve do que o pensamento,
A vida leva-a o vento,
A vida é folha que cai!

João de Deus
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Anarca
Admin
avatar

Mensagens : 1605
Data de inscrição : 13/09/2007

MensagemAssunto: Re: A LIBERDADE É AMORAL... (I)   Qui Out 04, 2007 3:26 am

O saber não ocupa lugar...

(Atenção que tem bolinha)

Calculadora especial:

A calculadora do Windows é um poço de surpresas...

Se não acreditam, vejam isto:

1- Abre a calculadora do windows (se não souberes, encontra-se no menu Iniciar - Todos os Programas - Acessórios);

2- Muda-a para científica (menu View);

3- Digita o numero 185266394;

4- Muda para hex...

PS - Um prémio a quem acertar...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: A LIBERDADE É AMORAL... (I)   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
A LIBERDADE É AMORAL... (I)
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 40Ir à página : 1, 2, 3 ... 20 ... 40  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Moral, Imoral ou Amoral?
» Há limites para a liberdade de expressão?
» UM GRITO PELA LIBERDADE DA ALMA DOS "NARCÓTICOS ANÔNIMOS" Jr.10.23
» Os limites da liberdade de expressão no mundo contemporâneo
» Limites da Liberdade de Expressão

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Vaga das Liberdades-
Ir para: