InícioInício  FAQFAQ  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  MembrosMembros  GruposGrupos  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 A LIBERDADE É AMORAL... (I)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1 ... 21 ... 38, 39, 40  Seguinte
AutorMensagem
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: A LIBERDADE É AMORAL... (I)   Dom Dez 09, 2007 12:42 pm

GUANTANAMO E UMA UNIVERSIDADE CONTRA O TERROR!!! Wink
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca
Admin
avatar

Mensagens : 1605
Data de inscrição : 13/09/2007

MensagemAssunto: Re: A LIBERDADE É AMORAL... (I)   Dom Dez 09, 2007 12:45 pm




Cá vamos...
Cantando e rindo...
Levados, levados sim...

PS - A única consolação é pensar que já foi pior...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: A LIBERDADE É AMORAL... (I)   Dom Dez 09, 2007 1:12 pm

CA NAO!!!!! AI !!! Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing

GOD BLESS AMERICA
Voltar ao Topo Ir em baixo
bitaites

avatar

Mensagens : 99
Data de inscrição : 04/12/2007

MensagemAssunto: Re: A LIBERDADE É AMORAL... (I)   Dom Dez 09, 2007 1:35 pm

RONALDO ALMEIDA escreveu:
CA NAO!!!!! AI !!! Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing

GOD BLESS AMERICA



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
bitaites

avatar

Mensagens : 99
Data de inscrição : 04/12/2007

MensagemAssunto: Re: A LIBERDADE É AMORAL... (I)   Dom Dez 09, 2007 1:46 pm

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
ECOADOR

avatar

Mensagens : 205
Data de inscrição : 26/10/2007

MensagemAssunto: Re: A LIBERDADE É AMORAL... (I)   Dom Dez 09, 2007 1:48 pm

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: A LIBERDADE É AMORAL... (I)   Dom Dez 09, 2007 1:56 pm

I GOT BIG BALLS!!! Laughing Laughing Laughing
Voltar ao Topo Ir em baixo
ECOADOR

avatar

Mensagens : 205
Data de inscrição : 26/10/2007

MensagemAssunto: Re: A LIBERDADE É AMORAL... (I)   Dom Dez 09, 2007 1:57 pm

AMERICANO escreveu:
I GOT BIG BALLS!!! Laughing Laughing Laughing

Olaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa !!!!!!!!!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Anarca
Admin
avatar

Mensagens : 1605
Data de inscrição : 13/09/2007

MensagemAssunto: Re: A LIBERDADE É AMORAL... (I)   Seg Dez 10, 2007 6:10 am

Os Lusíadas à moda do Porto...

"CANTO PRIMEIRO"

A fama dos Dragões assinalados
Que desta Mui Nobre, Invicta e Leal,
Em estádios nunca antes disputados
Jogaram p'ra ganhar cada final,
E em torneios e jogos esforçados
Mais do que era sonhado em Portugal,
Entre gente remota conquistaram
Nova glória, que tanto sublimaram;
2E também as memórias gloriosas
De oitenta e sete, aí principiando
Nova Era, e as terras viciosas
Que de Espanha ao Japão foram domando,
E aqueles que por obras valerosas
Se vão da lei da Imprensa libertando,
Cantando espalharei por toda parte,
Se a tanto me ajudar o engenho e arte.
3Cessem da pantera e mais felinos
As deambulações grandes que fizeram;
Cale-se dos tais cinco violinos
A fama das vitórias que tiveram;
Que eu canto o peito ilustre dos meninos
A quem Manchester e Real obedeceram!
Cesse tudo o que Record e Bola cantam,
Que outros valores mais alto se alevantam!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Anarca
Admin
avatar

Mensagens : 1605
Data de inscrição : 13/09/2007

MensagemAssunto: Re: A LIBERDADE É AMORAL... (I)   Seg Dez 10, 2007 6:12 am

Frases para recordar - XII

«Freud dizia que os sonhos eram gerados por desejos e medos ocultos; e que os conteúdos eram bizarros devido à censura desses desejos e medos. Duas asneiras.»
Allan Hobson, psiquiatra e cientista, in Visão

«Os contentores de resíduos hospitalares vão transbordar de crianças mortas (...) corpos esquartejados de bebés vão aparecer em lixeiras de toda a espécie ao olhar horrorizado ou faminto de pessoas e animais.»
Luciano Guerra, reitor do Santuário de Fátima, sobre o aborto, in Voz de Fátima

«Bla, bla, bla, bla, "esses bastardos do contenênte", isto para não lhes chamar filhos da piiiiii", bla, bla,bla,bla e bla.»
Alberto João Jardim a várias rádios e televisões

«Figura publica de quê? Da trampa?! É uma dondoca!»
João Chaves, sobre Lili Caneças, in Correio da Manhã

«Se fosse o primeiro-ministro prescindiria do direito a receber [a pensão], pois as medidas quando são tomadas é para todos.»
Marcelo Rebelo de Sousa in RTP

«Começo a duvidar se existo e vivo num país real. Antes, falava-se de tanga. Ontem, falava-se de fio dental. Hoje, e depois de todas as providências apregoadas pela voz dura de Sócrates, julgo que ninguém terá dúvidas de que estaremos completamente nus.»
Helena Sacadura Cabral in Diário de Notícias

«Mesmo que fosse a maior prostituta de Portugal, era minha filha.»
Pedro Sousa, pai de Leonor Sousa, ex-concorrente da "Quinta", in 24 Horas

«Não está em causa a legitimidade de um direito adquirido pelo ministro, mas a ligeireza com que ele próprio se considerou imune às novas regras que pretendia ver aceites e reconhecidas pelos outros em nome dos superiores interesses do Estado.»
Vicente Jorge Silva, sobre Campos e Cunha, in Diário de Notícias

«O fosso entre uma minoria privilegiada e uma massa de cidadãos cada vez com menos recursos, sangra até à agonia uma classe média e aproxima-nos de um mundo preocupante das relações terceiro-mundistas entre a riqueza grande e a pobreza maior. Afasta-nos, em suma, da Europa.»
Rogério Rodrigues in A Capital
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Anarca
Admin
avatar

Mensagens : 1605
Data de inscrição : 13/09/2007

MensagemAssunto: Re: A LIBERDADE É AMORAL... (I)   Seg Dez 10, 2007 6:14 am

O dia dos Namorados...

O império romano era governado por Claudius II e corria o ano 270.

Envolvido em campanhas militares sangrentas, o imperador começou a encontrar dificuldades na recruta de mais homens.

Convencido de que tais dificuldades vinham dos rapazes não quererem apartar-se das namoradas, amantes e mulheres, o imperador foi às do cabo e proibiu noivados e casamentos.

Mas, a menos de cem quilómetros de Roma, em Terni, o Bispo, valente e amigo do amor, continuou a noivar e a casar os jovens apaixonados.

Claudius condenou-o à morte.

Foi decapitado em 14 de Fevereiro.

Era o Bispo Valentim.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Anarca
Admin
avatar

Mensagens : 1605
Data de inscrição : 13/09/2007

MensagemAssunto: Re: A LIBERDADE É AMORAL... (I)   Seg Dez 10, 2007 6:16 am

Não te amo mais.
Estarei mentindo dizendo que
Ainda te quero como sempre quis.
Tenho certeza que
Nada foi em vão.
Sinto dentro de mim que
Você não significa nada.
Não poderia dizer jamais que
Alimento um grande amor.
Sinto cada vez mais que
Já te esqueci!
E jamais usarei a frase
EU TE AMO!
Sinto, mas tenho que dizer a verdade
É tarde demais...

(Clarice Lispector)

PS - Agora leia esta poesia de baixo para cima
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Anarca
Admin
avatar

Mensagens : 1605
Data de inscrição : 13/09/2007

MensagemAssunto: Re: A LIBERDADE É AMORAL... (I)   Seg Dez 10, 2007 6:19 am

O verdadeiro azar...

Dois brancos e um negro estão num andaime, a lavar os vidros de um grande edifício.

De repente, o negro dá um gemido, vira-se para o branco do lado e diz:

- Ai, ai, ai! Preciso cagar, vou cagar aqui mesmo!

- Tás maluco, pá! Vais sujar toda a gente lá em baixo!

- Mas não aguento mais, meu! Não vai dar tempo para descer!

Então, bate na janela e pede à senhora que te deixe usar a casa de banho,aconselha o branco.

E é o que ele faz.

Assim que a velha permite a entrada, ele voa p'rá sanita.

Está lá o negro, tranquilo e aliviado, quando ouve uma gritaria sem fim.

Quando sai, vê que o andaime se tinha partido e os dois brancos se tinham espatifado no chão.

No dia seguinte, no velório, estão lá os amigos, as viúvas inconsoláveis e o negro acompanhado da esposa, quando chega o dono da empresa onde trabalhavam...

Imediatamente todos se calam...

O empresário começa o seu discurso, dirigindo-se às viúvas:

- Sei que foi uma perda irreparável, mas vou, pelo menos, tentar aliviar tanto sofrimento. Como sei que as senhoras vivem em casas alugadas, darei uma casa a cada uma. Também sei que as senhoras dependem dos autocarros, por isso, darei um carro a cada uma. Quanto aos estudos dos vossos filhos, não se preocupem mais, pois tudo será por conta da empresa até que terminem e Faculdade. E, para finalizar, as senhoras receberão todos os meses 1000 Euros, para compras no mercado.

E a mulher do negro, já meio arroxeada, não se conteve mais e diz ao ouvido do marido:

- E tu a cagar, né???
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Anarca
Admin
avatar

Mensagens : 1605
Data de inscrição : 13/09/2007

MensagemAssunto: Re: A LIBERDADE É AMORAL... (I)   Seg Dez 10, 2007 6:21 am

A arte de pensar...

Lili Caneças, simplesmente não pensa.

Rute Marques pensa que é Grace Kelly.

Paulo Pires pensa que é o Diogo Infante.

Diogo Infante pensa que é Paulo Pires.

Pedro Abrunhosa pensa que é António Variações.

E António Variações já não pensa mais.

Manuel Luís Goucha pensa que é a Teresa Guilherme.

Teresa Guilherme pensa que é a Manuela Moura Guedes.

Manuela Moura Guedes não pensa, quem pensa é o Moniz.

Luís de Matos pensa que é David Copperfield.

Edite Estrela pensa que é Hillary Clinton.

E Ana Malhoa, simplesmente pensa que pensa...

Júlia Pinheiro pensa que é Barbara Walters.

Herman José pensa que tem graça.

João Baião pensa que vai ser mãe.

João Pinto pensa que é intelectual.

Belmiro de Azevedo, com todo o dinheiro que tem, pode pensar o que quiser.

Ronaldinho pensa que é o número 1.

Fernanda Serrano pensa que é actriz.

Paulo Portas pensa que é Deus.

E Mourinho tem a certeza!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Anarca
Admin
avatar

Mensagens : 1605
Data de inscrição : 13/09/2007

MensagemAssunto: Re: A LIBERDADE É AMORAL... (I)   Seg Dez 10, 2007 6:23 am


Loiras e a gripe das aves...

A loira chega toda nervosa :

- OIha, amiga, estou apavorada com essa tal gripe do frango. Eu gosto muito de frango. Será que eu vou ter que parar de comer frango?

- Não se preocupe, porque esse negócio de gripe do frango só dá na Ásia.

- Puxa, logo a parte que eu mais gosto!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: A LIBERDADE É AMORAL... (I)   Seg Dez 10, 2007 6:40 am

Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: O QUE E A LIBERDADE?   Seg Dez 10, 2007 10:00 am

http://www.fugpmdb.org.br/r2003ulyhomenlibet.htm
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: A LIBERDADE É AMORAL... (I)   Seg Dez 10, 2007 10:01 am

"E ESCRAVO, aquele que nao pode dizer o que pensa"!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca
Admin
avatar

Mensagens : 1605
Data de inscrição : 13/09/2007

MensagemAssunto: Re: A LIBERDADE É AMORAL... (I)   Seg Dez 10, 2007 12:49 pm




Tapete para rato próprio para consulta de sites pornográficos...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Anarca
Admin
avatar

Mensagens : 1605
Data de inscrição : 13/09/2007

MensagemAssunto: Re: A LIBERDADE É AMORAL... (I)   Seg Dez 10, 2007 12:52 pm




A 10 de Novembro de 1483, na cidade de Eisleben, na Alemanha, nasceu Martinho Lutero, um jovem que, contrariando a vontade dos pais, decidiu tornar-se monge.

Lutero tornou-se Doutor em Teologia e passou a leccionar na Universidade de Wittenberg.

O estudo atento da Bíblia permitiu-lhe reconhecer que a conquista da vida eterna seria unicamente através da fé e não, como era usual nesse tempo, através de obras e doacções pecuniárias que enriqueciam a igreja, contraiando o espírito de Cristo que morreu e ressuscitou para perdão de toda a humanidade.

Lutero, a 31 de Outubro de 1517, afixou na porta da igreja do castelo de Wittenberg suas 95 Teses contra os abusos da Igreja e especialmente contra a venda de indulgências.

Essas teses foram como que um rastilho que eclodiu no seio da Igreja.

Lutero, então, passou a participar de vários debates teológicos com autoridades civis e eclesiásticas que tentavam fazê-lo retratar-se de suas críticas à Igreja e ao Papa.

Em 1520, Lutero foi excomungado pelo Papa e, no mesmo ano, queimou a Bula de Excomunhão em praça pública, rompendo assim com a Igreja Católica da época.

Em 1530, surgiu a Confissão de Augsburgo que foi escrita por Lutero e Melanchton, seu fiel companheiro.

Este documento trazia um resumo dos ensinamentos luteranos.

Pouco a pouco, o ideal de reforma da Igreja Católica que Lutero possuía foi sendo sufocado e o Reformador viu-se obrigado, juntamente com seus seguidores, a formar um grupo separado de cristãos que queriam permanecer fiéis às verdades bíblicas do Evangelho.

Surgia assim a Igreja Luterana.

Lutero morreu a 18 de fevereiro de 1546, após ter traduzido a Bíblia para o alemão popular e ter escrito inúmeras obras e tratados teológicos.

Após sua morte, os luteranos, que já eram em bom número, passaram a discordar em alguns pontos doutrinais.

Para solucionar os problemas, foi escrita, em 1577, a Fórmula de Concórdia.

Em 1580, 50 anos após a publicação da Confissão de Augsburgo, surgiu o Livro de Concórdia que reúne todas as Confissões de Fé da Igreja Luterana, e que é, ainda hoje, a lei fundamental dessa igreja.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Anarca
Admin
avatar

Mensagens : 1605
Data de inscrição : 13/09/2007

MensagemAssunto: Re: A LIBERDADE É AMORAL... (I)   Seg Dez 10, 2007 12:53 pm




Os Auditores é que sabem...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Anarca
Admin
avatar

Mensagens : 1605
Data de inscrição : 13/09/2007

MensagemAssunto: Re: A LIBERDADE É AMORAL... (I)   Seg Dez 10, 2007 12:56 pm




Comprem uma 44...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Anarca
Admin
avatar

Mensagens : 1605
Data de inscrição : 13/09/2007

MensagemAssunto: Re: A LIBERDADE É AMORAL... (I)   Seg Dez 10, 2007 12:59 pm



(Martinho Lutero em frente da igreja do castelo de Wittemberg, após ter afixado as 95 teses.)

"Irão para o diabo juntamente com os seus mestres aqueles que julgam obter certeza de sua salvação mediante breves de indulgência."
(32ª Tese de Martinho Lutero)

Em 31 de Outubro de 1519, Martinho Lutero afixa as suas 95 Teses nas portas da Igreja do castelo de Wittemberg, na Alemanha, nas quais pões em causa a autoridade do papa, o celibato, o culto dos santos, os dogmas da Igreja Católica e, principalmente, as indulgências pecuniárias, grande fonte de rendimento do clero que lhes permite acumular riquezas e viver como príncipes.

:
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Anarca
Admin
avatar

Mensagens : 1605
Data de inscrição : 13/09/2007

MensagemAssunto: Re: A LIBERDADE É AMORAL... (I)   Seg Dez 10, 2007 1:00 pm

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Anarca
Admin
avatar

Mensagens : 1605
Data de inscrição : 13/09/2007

MensagemAssunto: Re: A LIBERDADE É AMORAL... (I)   Seg Dez 10, 2007 1:02 pm




Palavras para quê?...

É o Jet Set que temos...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: A LIBERDADE É AMORAL... (I)   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
A LIBERDADE É AMORAL... (I)
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 39 de 40Ir à página : Anterior  1 ... 21 ... 38, 39, 40  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Moral, Imoral ou Amoral?
» Há limites para a liberdade de expressão?
» UM GRITO PELA LIBERDADE DA ALMA DOS "NARCÓTICOS ANÔNIMOS" Jr.10.23
» Os limites da liberdade de expressão no mundo contemporâneo
» Limites da Liberdade de Expressão

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Vaga das Liberdades-
Ir para: