InícioInício  FAQFAQ  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  MembrosMembros  GruposGrupos  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Braço armado da Fatah reivindica atentado

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Braço armado da Fatah reivindica atentado   Seg Fev 04, 2008 3:31 am

Braço armado da Fatah reivindica atentado, que provocou três mortos


Jerusalém, 04 Fev (Lusa) - O braço armado da Fatah, Brigadas de Mártires de Al-Aqsa, reivindicou a autoria do atentado suicida de hoje, num centro comercial da cidade de Dimona, sul de Israel, que provocou pelo menos três mortos.

Das três vítimas dois são os autores suicidas do atentado, registado num centro comercial de Dimona, sul do país, a 10 quilómetros do reactor nuclear de Israel, segundo a polícia e serviços de socorro.

"A explosão provocou a morte de três pessoas e fez pelo cinco feridos", encontrando-se três em estado crítico", segundo a comunicação social local.

Um dos bombistas morreu ao accionar o cinto de explosivos que carregava, e o segundo foi abatido a tiro por um polícia que se encontrava no local, não tendo o cinto chegado a explodir.

O atentado foi cometido em Dimona, cidade pobre do sul de Israel onde foi construído um reactor nuclear, na década de 60.

O sul de Israel está em alerta contra ataques desde 23 de Janeiro, quando uma série de engenhos explosivos abriram brechas na fronteira do Egipto com a Faixa de Gaza.

O presidente egípcio, Hosni Mubarak, ordenou que a polícia egípcia deixasse passar os palestinianos para que pudessem "comprar produtos alimentares e regressar a casa".

Por sua vez, o movimento islamita palestiniano Hamas, no poder em Gaza, qualificou o atentado de "acto heróico", e que o ataque é uma "resposta natural aos crimes da ocupação e ao bloqueio imposto" ao povo palestiniano, afirmou o porta-voz do Hamas, Sami Abou Zouhri.

O atentado "confirma a ligação do povo palestiniano à resistência à agressão israelita", disse.

"O nosso povo não tem outra escolha senão defender-se por todos os meios possíveis, incluindo as operações de martírio (atentados suicidas). Abençoamos esta operação e apelamos aos grupos armados para que continuem no mesmo caminho ", disse.

MV

Lusa/Fim
Voltar ao Topo Ir em baixo
Vitor mango

avatar

Mensagens : 4711
Data de inscrição : 13/09/2007

MensagemAssunto: Re: Braço armado da Fatah reivindica atentado   Seg Fev 04, 2008 7:26 am




Nao sou nem nunca fui adepto de ataques suicidas , pelo não comento noticias por esse prisma
Da minha analise cheira-me uma coisa GRAVE
Afinal abbas também ja não domina a sua gente
E Porque ?
Porque quem vive na Palestina verifica que andaram a ser enganados pelo mundo Dito ocidental ( onde as maiores culpas vão para a América )
A Outra gravidade é que Israel cada vez esta mais metido num buraco
Vejamos
Quem quer tomar conta de Gaza ?
Israelitas cavaram de lá onde 2 milhões ( de pedintes e desesperados não teem qualquer futuro ...e não foi por acaso que o exercito cavou de la
O Egipto teme que a fogueira do anti-Judeu entre no Egipto e a revolução atinja o Governo

Ca<da vez mais isolado do mundo ...Bush cavou ja de arranjar qualquer solução e espera que quem vier depois dele que fique com o petisco
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Vitor mango

avatar

Mensagens : 4711
Data de inscrição : 13/09/2007

MensagemAssunto: Re: Braço armado da Fatah reivindica atentado   Seg Fev 04, 2008 7:33 am

Dimona palco de primeiro atentado suicida palestiniano no espaço de um ano


Dois grupos palestinianos reivindicaram a autoria conjunta do atentado
que matou uma mulher israelita e fez uma dezena de feridos em Dimona,
no sul de Israel.O ataque foi perpetrado por dois bombistas suicidas e
lançou o caos numa movimentada área comercial da cidade que alberga o
principal reactor nuclear israelita. O primeiro bombista conseguiu
fazer-se explodir, mas o segundo foi abatido pela polícia antes de
detonar a carga que transportava.

O atentado foi reivindicado
por uma facção das Brigadas dos Mártires de Al-Aqsa, braço armado da
Fatah palestiniana, em colaboração com a Frente Popular para a
Libertação da Palestina. A operação foi saudada pelo Hamas e pela Jihad
Islâmica, mas condenada pelo presidente da Autoridade Palestiniana e
líder da Fatah, Mahmud Abbas, que aproveitou para condenar também as
últimas operações militares israelitas esta manhã em território
palestiniano.

Israel não era alvo de um bombista suicida desde
29 de Janeiro de 2007, quando um ataque na localidade balnear de Eilat,
junto ao Mar Vermelho, fez três mortos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Braço armado da Fatah reivindica atentado   Seg Fev 04, 2008 9:33 am

O FATAH e HAMAS sao MASOQUISTAS!!! Quanto mais levam na cara , MAIS QUEREM LEVAR!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Braço armado da Fatah reivindica atentado   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Braço armado da Fatah reivindica atentado
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Dor estranha no braço direito
» braço esquerdo dormente
» Haste com braço
» Meus braços vergam um arco de bronze...
» Questão sobre o Teorema de Arquimedes

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Europa e o Mundo-
Ir para: