InícioInício  FAQFAQ  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  MembrosMembros  GruposGrupos  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Carlos do Carmo o primeiro Goya cantado em língua portuguesa

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Xô Esquerda

avatar

Mensagens : 703
Data de inscrição : 15/12/2007

MensagemAssunto: Carlos do Carmo o primeiro Goya cantado em língua portuguesa   Ter Fev 05, 2008 1:34 am

O primeiro Goya cantado em língua portuguesa


Na noite de domingo, acabado de sair de uma sessão fotográfica e das entrevistas que celebravam a sua vitória na 22.ª edição dos Prémios Goya, os Óscares do cinema espanhol, Carlos do Carmo comentava em primeira mão, ao DN, a "emoção" com que recebera o galardão, dedicando-o então, através do jornal, a todos os portugueses. Seguiu-se festa pela noite dentro.

Na manhã seguinte, o telefone no seu quarto de hotel, em Madrid, não parou de tocar. Chegou mesmo uma mensagem do Governo espanhol felicitando o fadista português pelo prémio obtido na véspera e que, como sublinhou ao DN, "não esperava ganhar". Ao saber da distinção, o chefe do Estado português, Cavaco Silva, enviou uma mensagem a Carlos do Carmo, nela afirmando que o prémio "honra a música portuguesa".

O prémio, que assinala a vitória na categoria de Melhor Canção Original (com o Fado da Saudade, da banda sonora de Fados, de Carlos Saura), é mais um numa carreira de 45 anos de música. O Goya, contudo, representa, para Carlos do Carmo, "uma achega" mais ao processo de exposição internacional do fado para o qual o filme tem contribuído. E refere a importância que os Goya têm, sobretudo nos territórios de língua hispânica, nomeadamente nos EUA, onde a língua espanhola já é uma segunda língua muito próxima da primeira". Esse é um trabalho ainda longe de terminado, uma vez que se segue, brevemente, a edição do filme em DVD.

"Há muito caminho ainda por trilhar", explica Carlos do Carmo, que sublinha haver na próxima etapa da vida de Fados algo "que gostava muito" de ver conquistado. Sem se "imiscuir na produção nem dar palpites", diz que, mesmo reconhecendo ser este seu desejo "um exagero, talvez, só ficaria feliz se os cinco milhões de portugueses que estão fora de Portugal fossem atingidos por este DVD. Que saibam que existe e lhes pode chegar às mãos", sugere.

Foi-nos impossível contactar Carlos Saura, ausente em filmagens em plenos Pirenéus. Antonio Saura, seu filho (e co-produtor de Fados), afirmou ao DN o enorme orgulho que representa para si, "ver um filme como Fados levar um fado, cantado em português, a ser homenageado com o galardão da Academia Espanhola". O facto de ser a primeira canção em língua não castelhana a vencer esta categoria sugere-lhe "abertura e curiosidade", sublinhando que "por ser cantado pelo Carlos do Carmo tem um valor maravilhoso". Pelo grande envolvimento do fadista no filme acrescenta, em declarações ao DN, que "este era o prémio que nós teríamos mesmo gostado de receber".

Luís Galvão Teles, outro dos produtores, explicou ao DN que, "sendo Fados um musical, ter o prémio da melhor canção é a prova de que tudo está certo". E, acrescenta, "prova de que estamos na tal Jangada de Pedra de que o José Saramago fala".

Dançar o fado

Sobre Fados, Carlos do Carmo acrescentou ao DN que, cada vez que revê o filme, este lhe sugere novas ideias. E fala em concreto de uma das maiores revelações que lhe deu: a dança. E lança o repto, afirmando que, fosse hoje o dono de uma casa de fados, nela se dançaria o fado! "Hoje é sabido que as casas de fado não se podem bastar com a clientela nacional", explica. E continua: "Não olhemos para o turista como algo menor, mas como qualquer coisa que nos valoriza.

Eu hoje seria extremamente cuidado com a programação. E depois de ver o filme do Saura, arranjaria hoje uma dupla para dançar e coreografar alguns dos fados que se cantassem aí, esse noite. E com a segurança de que iria ser uma coisa bem recebida." Este é, de resto, um repto que se lança também aos coreógrafos. Porque, como sempre, defende "tudo o que seja deitar barreiras abaixo, quebrar tabus". Mas adverte: "A única coisa que detesto, e nessas coisas é sempre possível que aconteça, é oportunismo e abastardamento."

DN

Fados - O filme de Carlos Saura

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Xô Esquerda

avatar

Mensagens : 703
Data de inscrição : 15/12/2007

MensagemAssunto: Re: Carlos do Carmo o primeiro Goya cantado em língua portuguesa   Ter Fev 05, 2008 1:42 am

O Fado da Saudade - Carlos do Carmo
(não tem imagem, só pra ouvir)



Muito bonito ! Sad
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Carlos do Carmo o primeiro Goya cantado em língua portuguesa   Qua Fev 06, 2008 1:27 pm

ADORO o CARLOS do CARMO!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Carlos do Carmo o primeiro Goya cantado em língua portuguesa   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Carlos do Carmo o primeiro Goya cantado em língua portuguesa
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Salmo 23 cantado na língua original(HEBRAICO)
» Primeiro Deus - por último a Igreja - Escala de Valores
» (Fund. Carlos Chagas-SP ) Velocidade instantânea da partícula !?
» (Fund.Carlos Chagas) M.C.U
» (ITA) - Primeiro quadrante

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Artes & Letras-
Ir para: