InícioInício  FAQFAQ  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  MembrosMembros  GruposGrupos  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 O Presidente de Timor-Leste, José Ramos-Horta, foi alvejado

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte
AutorMensagem
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: O Presidente de Timor-Leste, José Ramos-Horta, foi alvejado   Ter Fev 12, 2008 9:42 am

timor ESTARI TRAMADO se dependesse de PORTUGAL ou ONU!!! ECONOMICAMENTE ou MILITARMENTE!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: O Presidente de Timor-Leste, José Ramos-Horta, foi alvejado   Ter Fev 12, 2008 12:11 pm

Estado de direito ficou por cumprir, diz juiz português


O juiz português que em Maio do ano passado mandou deter o major Alfredo Reinado, tido como mentor dos atentados contra Ramos Horta e Xanana Gusmão, lamenta que a decisão que tomou não tenha sido cumprida e defende que o Estado de direito foi esquecido em Timor Leste.

( 16:45 / 12 de Fevereiro 08 )

Em declarações à TSF, o magistrado Ivo Rosa que continua em Timor Leste recorda que na altura contactou as forças da ONU e os militares australianos para que cumprissem a decisão judicial.

Mas este pedido foi esquecido, pelo que o juiz português considera que sistema judicial e o Estado de direito não funcionou em Timor Leste.

Ivo Rosa adianta ainda que o duplo atentado que teve como alvo o presidente timorense, Ramos Horta, e o primeiro-ministro, Xanana Gusmão, podia ter sido facilmente evitado ao sublinhar que bastava que a decisão que tomou tivesse sido respeitada.

Apesar do mandato de captura do major Alfredo Reinado nunca ter sido cumprido, Ivo Rosa afirma que esse episódio não o levou a equacionar um regresso a Portugal.


TSF
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: O Presidente de Timor-Leste, José Ramos-Horta, foi alvejado   Ter Fev 12, 2008 12:14 pm

Dai ate ENVOLVER A AUSTRALIA vai uma grande distancia!!! O FACTO eque se nao for a AUSTRALIA, nem TIMOR existiria!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Vitor mango

avatar

Mensagens : 4711
Data de inscrição : 13/09/2007

MensagemAssunto: Re: O Presidente de Timor-Leste, José Ramos-Horta, foi alvejado   Ter Fev 12, 2008 12:20 pm

ricardonunes escreveu:
Estado de direito ficou por cumprir, diz juiz português


O juiz português que em Maio do ano passado mandou deter o major Alfredo Reinado, tido como mentor dos atentados contra Ramos Horta e Xanana Gusmão, lamenta que a decisão que tomou não tenha sido cumprida e defende que o Estado de direito foi esquecido em Timor Leste.

( 16:45 / 12 de Fevereiro 08 )

Em declarações à TSF, o magistrado Ivo Rosa que continua em Timor Leste recorda que na altura contactou as forças da ONU e os militares australianos para que cumprissem a decisão judicial.

Mas este pedido foi esquecido, pelo que o juiz português considera que sistema judicial e o Estado de direito não funcionou em Timor Leste.

Ivo Rosa adianta ainda que o duplo atentado que teve como alvo o presidente timorense, Ramos Horta, e o primeiro-ministro, Xanana Gusmão, podia ter sido facilmente evitado ao sublinhar que bastava que a decisão que tomou tivesse sido respeitada.

Apesar do mandato de captura do major Alfredo Reinado nunca ter sido cumprido, Ivo Rosa afirma que esse episódio não o levou a equacionar um regresso a Portugal.


TSF


nao sabia
no fundo esta gente esta a aprender a viver em democracia
e isso nao é fácil
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: O Presidente de Timor-Leste, José Ramos-Horta, foi alvejado   Ter Fev 12, 2008 12:22 pm

Em Portugal AINDA ESTAO A APRENDER!!! Wink
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: O Presidente de Timor-Leste, José Ramos-Horta, foi alvejado   Ter Fev 12, 2008 12:43 pm

Entrevista á ABC

4 de Novembro de 2007







-------------------------------------------------------------------------------------

Timor-Leste: Grupo de Reinado disparou contra patrulha australiana


Díli, 06 Fev (Lusa) - O major Alfredo Reinado e o seu grupo dispararam hoje "vários tiros" contra uma patrulha australiana no distrito de Ermera, a sudoeste de Díli, anunciou o comandante das Forças de Estabilização Internacionais (ISF) em Timor-Leste.

O incidente não provocou vítimas, disse o brigadeiro James Baker em conferência de imprensa em Díli.

O "encontro casual" da patrulha australiana com "Alfredo Reinado e o seu grupo" aconteceu cerca das 12:50 locais (03:50 em Lisboa), explicou o comandante das ISF.

"Alguns dos homens de Alfredo Reinado estavam armados" e os primeiros dados apontam para "quatro ou cinco com espingardas no grupo".

O incidente ocorreu perto da aldeia de Lauala, Ermera, quando soldados australianos realizavam "uma patrulha de reconhecimento das estradas, na sequência das fortes chuvas que têm caído no país", adiantou o comandante James Baker.

"O reconhecimento por patrulhas das ISF foi amplamente divulgado", afirmou.

"O grupo disparou vários tiros de aviso, numa atitude insensata da parte de Alfredo Reinado e dos seus homens", adiantou o brigadeiro.

A patrulha australiana não respondeu aos tiros e recuou "de imediato" para a vila de Gleno, no mesmo distrito, referiu o comandante das ISF.

"Os soldados das ISF mostraram grande contenção, grande disciplina e grande profissionalismo", considerou o brigadeiro James Baker.

"As ISF, seguindo um pedido do governo timorense, não efectuam neste momento nenhuma operação contra Alfredo Reinado", assegurou também o oficial australiano.

"Alfredo Reinado é um fugitivo do sistema judicial timorense e a acção de hoje pôs em perigo a segurança de tropas das ISF", acrescentou.

Questionado por que razão as ISF não prenderam Alfredo Reinado, alvo de um mandato judicial, o brigadeiro James Baker respondeu, cinco vezes ao todo, que o major fugitivo "é um caso para as autoridades de Timor-Leste" e que "a missão das ISF em Timor-Leste é de assistir o governo".

O major Alfredo Reinado, ex-comandante da Polícia Militar timorense, está fugido à justiça desde Agosto de 2006 e começou a ser julgado em Díli em Dezembro de 2007.

O incidente de Ermera aconteceu na véspera do início do acantonamento, em Díli, dos peticionários das Forças Armadas.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Presidente da Junta
Admin
avatar

Mensagens : 944
Data de inscrição : 17/10/2007

MensagemAssunto: Re: O Presidente de Timor-Leste, José Ramos-Horta, foi alvejado   Qui Fev 14, 2008 10:22 am

Timor: os «reles cobardes» da ONU

2008/02/14 | 13:20

Acusação é feita pelo irmão de José Ramos-Horta, que denunciou a demora no socorro

O irmão do presidente timorense, Arsénio Ramos-Horta, acusou esta quinta-feira as forças de segurança da ONU de se comportarem como «reles cobardes», denunciando que preferiram esconder-se em vez de prestarem socorro ao presidente ferido pelos rebeldes, noticia a agência Reuters.

Arsénio Ramos-Horta, que se encontra em Darwin a visitar o seu irmão, revelou que teve de ser ele a carregá-lo em braços porque as tropas das Nações Unidas se recusaram a ajudar.

Multidão despede-se de Reinado
Timor: polícia abre caça ao homem

«Deviam ter vindo de imediato para que não se perdesse tempo. São uns reles cobardes», disse à agência noticiosa.

O irmão do presidente encontrava-se na zona da residência oficial quando o tiroteio começou entre guardas presidenciais e os rebeldes liderados por Alfredo Reinado, que acabaria por morrer.

Cronologia de uma manhã sangrenta

As Nações Unidas rejeitam estas acusações e que o presidente fora abandonado sem ajuda por cerca de 30 minutos, garantindo que entre o pedido de socorro e a chegada da ambulância decorreram apenas dois minutos. A primeira chamada telefónica de emergência foi recebida às 6h59, hora de Díli, e a polícia da ONU chegou pelas 7h15, tendo Ramos-Horta sido localizado junto a uma vedação de canas às 7h23. A ambulância chegou às 7h25.

Apesar desta cronologia dos factos veiculada pela ONU, Arsénio considera que «Eles deviam ter agido mais depressa, não ficar sentados no passeio», refere, acrescentando não ter dúvidas de que o irmão estaria em «melhor condição física», caso isso não tivesse acontecido.

Rumores sobre o plano de Reinado

Em Díli correm rumores sobre os planos do duplo atentado concertado ao primeiro-ministro, Xanana Gusmão, e ao presidente da República, Ramos-Horta, que o feriu gravemente. De acordo com o repórter da TVI no local, o plano do major Alfredo Reinado seria raptar Ramos-Horta e matar Xanana Gusmão, de forma a provocar a queda do Governo e convocação de eleições em Timor-Leste.

O estado de saúde de Ramos-Horta, que ainda se mantém em coma induzido, está estacionário.

portugal diário
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Presidente da Junta
Admin
avatar

Mensagens : 944
Data de inscrição : 17/10/2007

MensagemAssunto: Re: O Presidente de Timor-Leste, José Ramos-Horta, foi alvejado   Qui Fev 14, 2008 10:23 am

Multidão despede-se de Reinado

2008/02/14 | 11:53 ||

Funeral do líder rebelde acompanhado por um cartaz onde se lia «Adeus herói». Ainda não houve detenções de qualquer um dos 18 suspeitos. Político diz ao PDiário que número de mandados de captura deve aumentar

O cortejo fúnebre do major Alfredo Reinado foi acompanhado por uma multidão de timorenses. Fonte local refere «mais de mil» pessoas, mas a agência Lusa reporta «centenas» de participantes. O enterro decorreu sem incidentes e foi acompanhado por fortes medidas de segurança, que incluíram efectivos da GNR e unidades da polícia.

«Está tudo calmo», disse Ágio Silva, secretário de Estado da Presidência do Conselho de Ministros, em declarações ao PortugalDiário .

O funeral iniciou-se cerca das realizou-se ao final da tarde, como manda a tradição, pelas 16h00 (7h00 em Lisboa), na residência do pai adoptivo no bairro Marconi, em Díli. A forte participação atesta, de alguma forma, a popularidade do líder dos militares revoltosos que fizeram seguir na frente do cortejo duas faixas, uma com uma imagem de Reinado e outra com a frase «adeus herói».

Fotografias: a cronologia de dois atentados

Após a celebração de uma missa na casa de Vítor Alves, os caixões com os corpos de Alfredo Reinado e de um membro do seu grupo também abatido segunda-feira saíram em cortejo para a residência do major, situada a cerca de 200 metros de distância, em cujo quintal serão sepultados, descreve a agência Lusa.

Sem detenções

Três dias passados sobre o duplo atentado contra Ramos-Horta e Xanana Gusmão, ainda não foi efectuada qualquer detenção. Segundo a TVI, estão a ser feitas buscas nas montanhas junto à aldeia de Dare, onde terão sido localizados alguns dos suspeitos.

«Não houve ainda qualquer detenção», garantiu Ágio Silva.

As investigações policiais continuam e o relatório da ONU acrescentou esta quinta-feira mais um nome à lista: cinco suspeitos. Segundo a porta-voz da ONU em Timor, Allison Cooper, esta lista não está directamente relacionada com os 18 mandados de captura revelados pelo procurador-geral da República, Longuinhos Monteiro.

«Os mandados de captura anunciados pelo procurador-geral foram emitidos no ano passado. Tinham sido suspensos por causa das negociações que ainda decorriam. Agora foram activados. Não sei se os nomes que o relatório preliminar aponta são coincidentes», explica Allison Cooper.

portugal diário
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: O Presidente de Timor-Leste, José Ramos-Horta, foi alvejado   Qui Fev 14, 2008 10:33 am

Moderador escreveu:
Timor: os «reles cobardes» da ONU

2008/02/14 | 13:20

Acusação é feita pelo irmão de José Ramos-Horta, que denunciou a demora no socorro

O irmão do presidente timorense, Arsénio Ramos-Horta, acusou esta quinta-feira as forças de segurança da ONU de se comportarem como «reles cobardes», denunciando que preferiram esconder-se em vez de prestarem socorro ao presidente ferido pelos rebeldes, noticia a agência Reuters.

Arsénio Ramos-Horta, que se encontra em Darwin a visitar o seu irmão, revelou que teve de ser ele a carregá-lo em braços porque as tropas das Nações Unidas se recusaram a ajudar.

Multidão despede-se de Reinado
Timor: polícia abre caça ao homem

«Deviam ter vindo de imediato para que não se perdesse tempo. São uns reles cobardes», disse à agência noticiosa.

O irmão do presidente encontrava-se na zona da residência oficial quando o tiroteio começou entre guardas presidenciais e os rebeldes liderados por Alfredo Reinado, que acabaria por morrer.

Cronologia de uma manhã sangrenta

As Nações Unidas rejeitam estas acusações e que o presidente fora abandonado sem ajuda por cerca de 30 minutos, garantindo que entre o pedido de socorro e a chegada da ambulância decorreram apenas dois minutos. A primeira chamada telefónica de emergência foi recebida às 6h59, hora de Díli, e a polícia da ONU chegou pelas 7h15, tendo Ramos-Horta sido localizado junto a uma vedação de canas às 7h23. A ambulância chegou às 7h25.

Apesar desta cronologia dos factos veiculada pela ONU, Arsénio considera que «Eles deviam ter agido mais depressa, não ficar sentados no passeio», refere, acrescentando não ter dúvidas de que o irmão estaria em «melhor condição física», caso isso não tivesse acontecido.

Rumores sobre o plano de Reinado

Em Díli correm rumores sobre os planos do duplo atentado concertado ao primeiro-ministro, Xanana Gusmão, e ao presidente da República, Ramos-Horta, que o feriu gravemente. De acordo com o repórter da TVI no local, o plano do major Alfredo Reinado seria raptar Ramos-Horta e matar Xanana Gusmão, de forma a provocar a queda do Governo e convocação de eleições em Timor-Leste.

O estado de saúde de Ramos-Horta, que ainda se mantém em coma induzido, está estacionário.

portugal diário

BASTA um tiro ;para a ONU, sair de um PAIS!!! A ONU, nao resolve NADA.
A ONU, e IMPOITENTE, e IRRELEVANTE. PROVOU-O, em relacao ao IRAQUE, quando SADDAM gozou com ela e limpou op RABO a 17 RESOLUCOES!!! fACTOS , AMIGOS!!! pOR ISSO , OS usa, NAO PODEM jamais ESTAR SUBJUGADOS as Decisoes da ONU, que e um NATRO DE BANDIDOS, ESTRUPADORES, TRAFICANTES, FILHOS de DITADOR, DITADORES, CORRUPTOS!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: O Presidente de Timor-Leste, José Ramos-Horta, foi alvejado   Sex Fev 15, 2008 7:51 am

Novo líder dos rebeldes de Timor garante não se render sem luta


O antigo tenente das forças armadas de Timor-Leste Gastão Salsinha, autoproclamado novo líder dos rebeldes timorenses, afirma numa entrevista hoje divulgada que está fortemente armado numa casa em Díli e que não se renderá sem luta.

Em declarações à estação de televisão australiana Channel Nine, Salsinha diz também que Alfredo Reinado foi abatido cerca de 25 minutos antes do presidente José Ramos-Horta ter sido ferido a tiro no ataque à sua residência, na segunda-feira.

"O meu comandante Alfredo Reinado foi a Metiaut (onde se situa a casa de Ramos-Horta). Foi primeiro morto pelas F-FDTL (Falintil-Forças de Defesa de Timor-Leste) e cerca de 25 minutos depois o presidente foi baleado", afirmou.

O tenente Salsinha afirma ter assumido o comando dos rebeldes depois da morte de Alfredo Reinado.

"Ele (Alfredo) era o meu comandante e eu era o seu adjunto. Como foi morto, claro que o substituirei", declarou.

"O meu objectivo é lutar por justiça", frisou.

José Ramos-Horta voltou aos cuidados intensivos do Hospital de Darwin, após nova operação cirúrgica, bem sucedida, que leva a equipa médica a um prognóstico "optimista", disse hoje à Lusa a irmã do chefe de Estado timorense.

A intervenção cirúrgica "correu bem e os médicos estão optimistas em relação à evolução da situação", disse Romana Horta, contactada telefonicamente pela Lusa em Darwin, norte da Austrália.

Esta foi a quarta intervenção cirúrgica a que Ramos-Horta foi sujeito, a terceira em Darwin, desde que foi gravemente ferido a tiro na sua residência em Díli segunda-feira, durante um ataque em que foi morto o major Alfredo Reinado.

A operação terminou ao início da tarde (hora local) e a família de Ramos-Horta aguarda agora por uma reunião com a equipa médica, em que será informada detalhadamente sobre a intervenção a que foi sujeito o chefe de Estado timorense.


-------------------------------------------------------------------------------------

a este não podem acusar de ser marinhas pé de salsa Laughing
Voltar ao Topo Ir em baixo
Vitor mango

avatar

Mensagens : 4711
Data de inscrição : 13/09/2007

MensagemAssunto: 13h14 15/02/08 - Timor-Leste: Médicos optimistas com evoluçã   Sex Fev 15, 2008 3:17 pm

13h14 15/02/08 - Timor-Leste: Médicos optimistas com evolução Ramos-Horta após nova operação

José Ramos-Horta voltou aos cuidados intensivos do Hospital de Darwin, após nova operação cirúrgica, bem sucedida, que leva a equipa médica a um prognóstico "optimista", disse hoje à Lusa a irmã do chefe de Estado timorense.

A intervenção cirúrgica "correu bem e os médicos estão optimistas em relação à evolução da situação", disse Romana Horta, contactada telefonicamente pela Lusa em Darwin, norte da Austrália.

Esta foi a quarta intervenção cirúrgica a que Ramos-Horta foi submetido, a terceira em Darwin, desde que foi gravemente ferido a tiro na sua residência em Díli segunda-feira, durante um ataque em que foi morto o major Alfredo Reinado.

A operação terminou ao início da tarde (hora local) e a família de Ramos-Horta aguarda agora por uma reunião com a equipa médica, em que será informada detalhadamente sobre a intervenção a que foi sujeito o chefe de Estado timorense.

Len Notaras, director do Royal Darwin Hospital, afirmou entretanto que o estado de Ramos-Horta, 58 anos, permanece "grave, mas estável", após a operação de hoje. "Ele está ainda fortemente sedado, para permitir que descanse e recupere", disse Notaras, citado pela televisão australiana. Romana Horta adiantou que na última visita ao irmão o encontrou em "estado de dormência", mas que "deu sinais de sentir" a presença dos familiares, e chegou mesmo a apertar a mão da irmã. O pior, acredita, será quando José Ramos-Horta recuperar os sentidos.

"Acordar vai ser o pior. Não só a dor física, mas também a moral, o choque de saber que tudo isto lhe aconteceu, a ele que nunca fez mal a ninguém", disse à Lusa a irmã do chefe de Estadado timorense. "Vê-lo assim, com todas aquelas máquinas, é um choque muito grande", afirmou Romana Horta.

A irmã de José Ramos-Horta encontra-se acompanhada da mãe e de outros familiares, e na quinta-feira recebeu outra má notícia: a da morte de uma tia de 101 anos de idade, residente nos arredores de Darwin. "O José era o sobrinho predilecto dela", acrescentou Romana Horta.

O primeiro-ministro australiano, Kevin Rudd, visitou hoje José Ramos-Horta no hospital de Darwin, onde parou no regresso a Camberra após a visita que efectuou a Díli. "Eu conheço o velho José, ele é um lutador. Ele ainda uma luta pela frente, mas ele é um lutador", referiu Kevin Rudd, citado pela ABC da Austrália.

Quarta-feira, o chefe da equipa de cirurgiões do hospital, Phil Carson, disse que a recuperação total de José Ramos-Horta deverá demorar seis meses.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: O Presidente de Timor-Leste, José Ramos-Horta, foi alvejado   Sex Fev 15, 2008 3:26 pm

Ainda bem para o Senhor, embora não simpatize com o laçarote abixanado, mas acho que vai kinar!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: O Presidente de Timor-Leste, José Ramos-Horta, foi alvejado   Sab Abr 05, 2008 3:37 am

Uma investigação com muitos tiros no pé

Relatórios que não chegam, gente que não é ouvida. Há falhas incompreensíveis no inquérito-crime do atentado ao Presidente Ramos-Horta

Multiplicam-se os atrasos e os erros das autoridades judiciais e policiais em Timor-Leste que têm em mãos o apuramento do que aconteceu no dia do ataque quase simultâneo ao Presidente Ramos-Horta e ao primeiro-ministro Xanana Gusmão. O Parlamento exigiu esta semana a presença do procurador-geral da República, Longuinhos Monteiro, para dar conta do que se passa, mas, segundo avançou ao Expresso uma fonte ligada à investigação, o caso está a ser encarado internamente como outro processo qualquer, sem uma atenção prioritária e sem meios destacados em exclusivo.

Os próprios polícias da ONU (UNPOL) que têm estado a fazer as diligências no terreno a pedido do Ministério Público não estão informados e cumprem-nas sem ter noção integral de que pistas podem seguir.

As falhas chegam a ser difíceis de acreditar. Só nos últimos dias, oito semanas depois do duplo atentado que resultou na morte do líder rebelde major Alfredo Reinado, é que o relatório da autópsia foi incluído no processo, o que ainda nem sequer aconteceu com o relatório médico dos ferimentos graves sofridos por Ramos-Horta, fundamental para estudar a tipologia e a trajectória das balas.

Há mais. Foi emitida uma ordem de busca à última residência habitada pelo major, em Ermera, que não foi executada. E o seu pai adoptivo, José Alves, com quem ele falou diversas vezes nos dias que antecederam o atentado, ainda não foi ouvido. O próprio telemóvel de Reinado apenas foi entregue aos magistrados dois dias depois de ele estar morto, com a agravante de alguém ter utilizado o aparelho (há registo dessas chamadas póstumas), o que poderá ter posto em risco o arquivo de mensagens escritas (SMS), não havendo a garantia de que algumas não tenham sido apagadas. A par disso, a última pessoa a quem o líder rebelde telefonou, às 6h20 da manhã do dia 11 de Fevereiro, não foi identificada, apesar de continuar com o número de telemóvel activo.

Com tudo isto, o móbil do atentado está por determinar. Um dos elementos do grupo do major que se entregou às autoridades - e que faz parte de um lote de meia dúzia de arguidos do processo já detidos - contou que ouviu dois dias antes a assessora jurídica de Reinado, Angelita (ou Angie) Pires, dizer ao major que era preciso matar Ramos-Horta e Xanana, mas o testemunho está por confirmar por outros arguidos. Alguns acrescentaram que os dois passaram a véspera do atentado a falar em português, língua não entendida pelo resto do grupo. Por outro lado, Angie enviou mensagens escritas para Reinado indiciando que mantinham uma relação amorosa, mas um último SMS recebido pelo major horas antes de morrer (às 23h10) e que a poderia incriminar (“Cuidado, mor. Não é preciso ires a este seminário (encontro) se não te sentires bem”) não é assinado e não veio do telemóvel que ela usava - e que usou noutros SMS desse fim-de-semana.



Micael Pereira
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: O Presidente de Timor-Leste, José Ramos-Horta, foi alvejado   Sab Abr 05, 2008 10:16 am

Sleep Sleep Sleep Sleep Sleep Sleep Sleep Sleep Sleep Sleep Sleep Sleep Sleep Sleep
Voltar ao Topo Ir em baixo
trocatretas

avatar

Mensagens : 308
Data de inscrição : 14/11/2007
Idade : 61

MensagemAssunto: Re: O Presidente de Timor-Leste, José Ramos-Horta, foi alvejado   Dom Abr 06, 2008 8:19 am

Timor,


Uma Horta do Xanana para vender à Austrália.

Com um reinado lá dentro. Uma erva daninha.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: O Presidente de Timor-Leste, José Ramos-Horta, foi alvejado   Dom Abr 06, 2008 8:29 am

o QUE VENDERAM FOI Angola,Mocambique e Guine, AOS SOVIETICOS!!!Aos corruptos!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Lech Walesa

avatar

Mensagens : 452
Data de inscrição : 30/01/2008

MensagemAssunto: Re: O Presidente de Timor-Leste, José Ramos-Horta, foi alvejado   Dom Abr 06, 2008 9:02 am

RONALDO ALMEIDA escreveu:
o QUE VENDERAM FOI Angola,Mocambique e Guine, AOS SOVIETICOS!!!Aos corruptos!!!!

a terra a quem a trabalha.
pretos
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: O Presidente de Timor-Leste, José Ramos-Horta, foi alvejado   Dom Abr 06, 2008 9:06 am

Socialista Trotskista escreveu:
RONALDO ALMEIDA escreveu:
o QUE VENDERAM FOI Angola,Mocambique e Guine, AOS SOVIETICOS!!!Aos corruptos!!!!

a terra a quem a trabalha.
pretos

QUE PRETOS? NOS COLONIZAMOS AQUELAS TERRAS, por isso nao podemos ser COLONIZADORES!! Os PORTUGUESES, 800 000 DE VARIAS GERACOES, BRANCOS, foram passados por cima, pelo PCP, CUNHAL e todos os TRAIODORES DA PATRIA, O cospe-Bandeira SOARES!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Presidente da Junta
Admin
avatar

Mensagens : 944
Data de inscrição : 17/10/2007

MensagemAssunto: Re: O Presidente de Timor-Leste, José Ramos-Horta, foi alvejado   Dom Abr 06, 2008 9:14 am

RONALDO ALMEIDA escreveu:

QUE PRETOS? NOS COLONIZAMOS AQUELAS TERRAS, por isso nao podemos ser COLONIZADORES!! Os PORTUGUESES, 800 000 DE VARIAS GERACOES, BRANCOS, foram passados por cima, pelo PCP, CUNHAL e todos os TRAIODORES DA PATRIA, O cospe-Bandeira SOARES!!!


tadito, hoje não diz coisa com coisa .... Rolling Eyes

há dias assim ... scratch
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: O Presidente de Timor-Leste, José Ramos-Horta, foi alvejado   Dom Abr 06, 2008 10:02 am

OH PRESIDENTE, disse alguma mentira???????????? Shocked Shocked Shocked
Voltar ao Topo Ir em baixo
Presidente da Junta
Admin
avatar

Mensagens : 944
Data de inscrição : 17/10/2007

MensagemAssunto: Re: O Presidente de Timor-Leste, José Ramos-Horta, foi alvejado   Dom Abr 06, 2008 10:06 am

RONALDO ALMEIDA escreveu:
OH PRESIDENTE, disse alguma mentira???????????? Shocked Shocked Shocked


Disse !


Várias.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: O Presidente de Timor-Leste, José Ramos-Horta, foi alvejado   Dom Abr 06, 2008 10:16 am

nAO ENCONTRO nenhuma!!! Wink
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: O Presidente de Timor-Leste, José Ramos-Horta, foi alvejado   Dom Abr 06, 2008 10:19 am

RONALDO ALMEIDA escreveu:
nAO ENCONTRO nenhuma!!! Wink

colonizador | adj. e s. m.,


o que coloniza.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: O Presidente de Timor-Leste, José Ramos-Horta, foi alvejado   Dom Abr 06, 2008 10:21 am

cOMO PODEMOS SER colonizadores, SE NAO ESTAVA LA NINGUEM 500 ANOS ATRAZ E FOMOS NOS QUE colonizamos AQUELAS AREAS? POR FAVOR!!!! Nao creia em HISTORIAS DA CAROCHINHA!!! Aquilo foi tudo entregue a MOSCOVO pelo TRAIDOR CUNHAL!!! Que era AGENTE DELES!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Presidente da Junta
Admin
avatar

Mensagens : 944
Data de inscrição : 17/10/2007

MensagemAssunto: Re: O Presidente de Timor-Leste, José Ramos-Horta, foi alvejado   Dom Abr 06, 2008 10:29 am

RONALDO ALMEIDA escreveu:
cOMO PODEMOS SER colonizadores, SE NAO ESTAVA LA NINGUEM 500 ANOS ATRAZ E FOMOS NOS QUE colonizamos AQUELAS AREAS?


Não estava lá ninguém há 500 anos atrás ??? Suspect Suspect


are iu shuâre, mai frend ? Cool

Já não vai mais vinho pra essa mesa.

ai num vai, não. drunken drunken drunken drunken
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: O Presidente de Timor-Leste, José Ramos-Horta, foi alvejado   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
O Presidente de Timor-Leste, José Ramos-Horta, foi alvejado
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 2 de 5Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Progressão Aritmética (horta)
» Pesquisa do forum:Em quem vc vai votar para presidente?
» Nina e José estão sentados em cadeiras, diame
» FALTA DE RESPEITO JOSÉ MIGUEL TRIGOSO PRP A EXTINÇÃO DA BT
» Impeachment:presidente deve perder o mandato?

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Europa e o Mundo-
Ir para: