InícioInício  FAQFAQ  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  MembrosMembros  GruposGrupos  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Tajiquistão: Catástrofe humanitária iminente - ONU

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Xô Esquerda

avatar

Mensagens : 703
Data de inscrição : 15/12/2007

MensagemAssunto: Tajiquistão: Catástrofe humanitária iminente - ONU   Dom Fev 24, 2008 5:52 am

Tajiquistão: Catástrofe humanitária iminente - ONU

24 de Fevereiro de 2008, 10:23

Duchambé, Tajiquistão, 24 Fev (Lusa) - As temperaturas gélidas na Ásia Central têm à beira de uma catástrofe humanitária os cerca de 50.000 habitantes do Tajiquistão, onde escasseiam os alimentos e a electricidade só está disponível poucas horas por dia, anunciaram as Nações Unidas.

Um apelo à comunidade internacional foi lançado para ajudar o pequeno país fronteiriço com o Afeganistão, que saiu de uma sangrenta guerra civil em 1995.

Desde Janeiro que o fornecimento de electricidade se reduz a duas ou três horas diárias, seja no interior, seja na capital, mas para quem não dispõe de corrente no domicílio as condições são insuportáveis.

Há relatos de famílias numerosas, a habitar em apartamentos, cujos membros têm de dormir vestidos e todos no mesmo quarto, para se aquecerem uns aos outros.

O pior é para as crianças, que estão constantemente doentes e não podem ir às escolas, que não têm aquecimento e permenecem fechadas.

A situação é idêntica nos hospitais e, sobretudo, nas unidades de pediatria, onde há relatos, desmentidos pelas autoridades, da morte de crianças por hipotermia.

A falta de água para alimentar a maior central hidroeléctrica do país (Nurek), que fornece até 80 por cento das necessidades energéticas, contribui para agravar o quadro.

Numerosas empresas fecharam as portas e até o pequeno comércio a retalho, como as padarias, não podem laborar por falta de farinha.

Para desespero generalizado, têm igualmente sido reduzidas as entregas de gás natural do Uzbequistão e do Quirguistão, de que depende totalmente o Tajiquistão.

O ministro do Desenvolvimento Económico tajique, Gulom Bobozod, declarou que o actual estado das coisas não sofrerá alteração pelo menos até ao fim do mês.

Os analistas consideram que só a construção de uma central hidroeléctrica mais moderna como a de Rogun, iniciada antes da implosão da União Soviética (URSS), poderia resolver o problema, criando até um superavit de energia para vender ao Afeganistão e Paquistão.

Segundo a ONU, são precisos 17,1 milhões de euros para afastar do Tajiquistão o espectro da catástrofe humanitária.

O Turquemenistão e a Arábia Saudita já responderam ao apelo, comprometendo-se a enviar 500 toneladas de combustível, o primeiro, e oito aviões com ajuda humanitária, o segundo.

Lusa/fim
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Tajiquistão: Catástrofe humanitária iminente - ONU
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» "Lá vem o apocalipse" Tibetano revela a nasa como sobreviver à catástrofe "iminente"
» O que fazem as pessoas em relação à catástrofe da Região Serrana do Rio de Janeiro?
» A IMINENTE VOLTA DE JESUS!!!
» Diferença entre raios Catódico e Beta.
» A IGREJA CATÓLICA CONFESSA O CRIME

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Europa e o Mundo-
Ir para: