InícioInício  FAQFAQ  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  MembrosMembros  GruposGrupos  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Dedos cortados de cinco reféns enviados a militares dos EUA

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Dedos cortados de cinco reféns enviados a militares dos EUA   Qui Mar 13, 2008 3:56 pm

Dedos cortados de cinco reféns enviados a militares dos EUA



Miami, Florida, 13 Mar (Lusa) - Dedos cortados de cinco ocidentais a contrato foram enviados a militares norte-americanos no Iraque, dando aos familiares dos reféns a esperança de que ainda estejam vivos, disse o irmão de um dos capturados.

Os homens foram capturados em dois incidentes separados que ocorreram com um mês e meio de diferença há mais de dois anos, disse hoje, em Washington, fonte governamental norte-americana.

O semanário austríaco News foi o primeiro a noticiar o envio dos cinco dedos na sua edição de quarta-feira, citando autoridades não identificadas que estão a trabalhar no caso.

Patrick Reuben, um polícia de Minneapolis cujo irmão, Paul Reuben, está entre os desaparecidos, afirmou quarta-feira que o FBI (polícia federal) disse à sua família que havia a confirmação de que "os dedos são os dos reféns".

Patrick Reuben acrescentou que a notícia dos dedos cortados era "chocante", ressalvando, contudo, que as notícias que a família recebeu eram "muito mais graves do que isso".

"Mais tarde, soubemos que eram dedos e que o ADN era dos reféns", adiantou.

Quatro dos homens eram guardas de uma coluna que sofreu uma emboscada perto da fronteira kuiwaitiana a 16 de Novembro de 2006. O quinto, Ronald J. Withrow, 40, de Lubbock, Texas, era um empreiteiro que trabalhava para JPI Worldwide, raptado a 5 de Janeiro de 2007 perto de Bassorá.

Para além de Reuben, os raptados no incidente anterior são Jonathon Cote, 25, de Getzville, Nova Iorque, Joshua Munns, 25, de Redding, Califórnia, e Bert Nussbaumer, 26, de Viena, Austria, disse a fonte governamental em Washington.

Um quinto refém sequestrado na emboscada de 16 de Novembro de 2006 é John Young, 45, de Lee's Summit, Missouri. Nenhum dos seus dedos foi enviado para os militares norte-americanos.

Num comunicado, o FBI recusou confirmar se os homens tinham sido identificados pelos dedos.

"O FBI recebeu amostras de ADN e está a fazer exames", disse o porta-voz Richard Kolko. "Compreendemos que isto é uma altura muito difícil para as famílias e discutir mais o assunto nos media não é apropriado".

O porta-voz do Departamento de Estado Sean McCormack recusou hoje comentar o assunto limitando-se a dizer: "Continuamos a exigir a imediata libertação destes reféns para que possam regressar com segurança ás suas famílias".

Os quatro homens raptados a 16 de Novembro de 2006 trabalhavam para uma empresa de segurança com sede no Kuwait. Homens em uniforme das polícia iraquiana montaram uma emboscada à coluna perto da cidade de Safwan (Sul do Iraque).

TM.

Lusa/Fim
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Dedos cortados de cinco reféns enviados a militares dos EUA
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Quem salva é Jesus e ninguém mais! - "Dedos de Davi" !!!
» ESTATUTO DOS POLICIAIS-MILITARES
» ATENÇÂO EX MILITARES
» Participação militares República
» Bem muitos de nós serão novos POLICIAIS MILITARES que tal cobrarmos dos governantes a PEC 300?

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Europa e o Mundo-
Ir para: