InícioInício  FAQFAQ  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  MembrosMembros  GruposGrupos  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Oposição acusa firma israelita ...

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Oposição acusa firma israelita ...   Sex Mar 28, 2008 4:10 am

Zimbabué/Eleições: Oposição acusa firma israelita de "cozinhar" processo eleitoral para Mugabe


28 de Março de 2008, 09:00

* * * Por António Pina, enviado da Agência Lusa * * *


Harare, 28 Mar (Lusa) - O secretário-geral do principal movimento da oposição no Zimbabué, o MDC, acusou hoje o governo do presidente Robert MUgabe de ter contratado uma empresa israelita especializada em viciar o processo eleitoral.

Tendai Biti disse à comunicação social que o seu Movimento para a Mudança Democrática (MDC) possui provas de que a Cogniview PL tem estado a trabalhar sob contrato para o governo na elaboração dos cadernos eleitorais, processo de votação e apuramento de resultados nas eleições presidenciais, legislativas e locais de sábado.

"Mugabe e seus capangas têm a intenção de roubar estas eleições através da utilização de software sofisticado fornecido pela empresa israelita que tem ligações à Mossad (os serviços secretos israelitas)", acusou Biti.

Aquele responsável político do movimento do candidato presidencial Morgan Tsvangirai afirmou que "a ZEC (a comissão eleitoral zimbabueana) não está a gerir estas eleições, estando, ao invés, a ser gerida por Mudede (conservador dos registos civis) e pelos serviços secretos nacionais CIO, com a ajuda dos israelitas".

A guerra de acusações de fraudes eleitorais tem subido de tom nos últimos dias da campanha eleitoral, com o presidente Mugabe a rejeitar todas as acusações da oposição e insistindo que só ele poderá vencer o acto eleitoral uma vez que, em sua opinião, é o único verdadeiro patriota e nacionalista entre os quatro candidatos.

Nas ruas de Harare, o ambiente que se respira é de relativa normalidade, embora a esmagadora maioria dos comentadores não ligados ao governo do Zimbabué continuem a prever uma manipulação em larga escala do processo eleitoral e sérias consequências para o Zimbabué e para a região.

O cidadão comum parece vergado pelo fardo de uma crise económica que lançou para a miséria grande parte da população e por uma brutal e sistemática repressão das forças de segurança que não tem poupado ninguém em anos recentes.

O medo de falar, de expressar opiniões e favoritismos é visível em todo o lado, sendo muito difícil "arrancar" prognósticos eleitorais ou sobre o futuro imediato do país às pessoas com quem nos cruzamos.

Mugabe a o seu partido - a Zanu-PF - perdem tradicionalmente as eleições nas grandes cidades, como Harare e Bulawayo - mas vence por larga margem nas zonas rurais, onde, aliás, reside a maioria da população.

Nos últimos dias, fruto de um ligeiro afrouxamento da repressão policial face à presença de observadores regionais e jornalistas estrangeiros, o principal candidato da oposição, Morgan Tsvangirai, tem levado a cabo grandes comícios em algumas zonas rurais, o que leva muitos a antever possíveis ganhos, mesmo que modestos, de Tsvangirai nos bastiões tradicionais de Robert Mugabe.

AP.

Lusa/fim
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Oposição acusa firma israelita ...
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Observações de Jupiter/oposição 2012.
» Marte/Oposição de 2016
» A verdade sobre judaismo messianico
» O anti cristo será um judeu da tribo de Dã.
» FGV - Conjuntos

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Europa e o Mundo-
Ir para: