InícioInício  FAQFAQ  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  MembrosMembros  GruposGrupos  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Ex-presidente de Israel recua e se diz inocente de crimes se

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Vitor mango

avatar

Mensagens : 4711
Data de inscrição : 13/09/2007

MensagemAssunto: Ex-presidente de Israel recua e se diz inocente de crimes se   Qua Abr 09, 2008 2:18 am

é preciso ter fé
===========================0
Ex-presidente de Israel recua e se diz inocente de crimes sexuais








Guila Flint
De Tel Aviv para a BBC Brasil






Katsav surpreendeu os juizes e a imprensa ao recuar em acordo

O ex-presidente de Israel, Moshe Katsav, se apresentou nesta terça-feira no Tribunal de Jerusalem e pediu o cancelamento do
acordo prévio entre seus advogados e a promotoria sobre acusações de crimes sexuais.



Katsav afirmou que é inocente e que prefere que seja realizado um julgamento.

Nove
meses depois que os advogados de Moshe Katsav chegaram a um acordo com
a promotoria, segundo o qual as acusações de crimes sexuais contra ele
seriam reduzidas e ele admitiria ter cometido assédio e abuso de poder,
o Tribunal de Jerusalém presenciou uma reviravolta dramática no caso do
ex-presidente.



A Corte se reuniu nesta terça-feira para discutir a pena, depois que a defesa e a acusação haviam chegado ao acordo. No entanto,
Katsav surpreendeu os juizes e a imprensa do país, voltando atrás no acordo.


O procurador geral da Justiça, Meni Mazuz, afirmou estar surpreso com a decisão do ex-presidente e disse que "supõe que Katsav
está ciente do significado de sua atitude".


Segundo o site de notícias israelense Ynet, Mazuz instruiu os promotores a preparar uma acusação bem mais grave do que o acordo que havia sido estabelecido entre as
partes. Provavelmente o ex-presidente será acusado de estupro e não apenas de assédio sexual.


Líderes feministas que se manifestaram nesta terça contra o acordo diante do Tribunal manifestaram satisfação com a decisão
de realizar um julgamento para o ex-presidente.


Rina Bar Tal, presidente do lobby das organizações feministas, afirmou que "agora a voz de todas as mulheres que Katsav agrediu
poderá ser ouvida e ele terá um julgamento justo".


Moshe Katsav foi acusado de crimes sexuais por oito mulheres com as quais trabalhou nos últimos 12 anos.

As mulheres, que trabalharam como secretárias e assessoras de Katsav, tanto na presidência como em cargos de ministro que
ocupou anteriormente, o acusam de abuso sexual e, em pelo menos dois casos, de estupro.

Se for considerado culpado dos crimes, Katsav corre o risco de ir para a prisão e de perder benefícios no valor de cerca de
um milhão de shekels (cerca de R$ 500 mil) por ano, que receberia como ex-presidente.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Ex-presidente de Israel recua e se diz inocente de crimes se
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» ISRAEL: MAIOR SINAL DOS FINAL DOS TEMPOS
» Israel e o Messias
» Judeus de Israel e da Alemanha rejeitam contatos com representantes do Vaticano.
» A futura invasão Russa por Israel
» Xan direto de Israel via MSN!

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Religiões & Fé-
Ir para: