InícioInício  FAQFAQ  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  MembrosMembros  GruposGrupos  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Crime económico aumentou 40% nos últimos dois anos

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
mike

avatar

Mensagens : 283
Data de inscrição : 16/03/2008

MensagemAssunto: Crime económico aumentou 40% nos últimos dois anos   Seg Abr 14, 2008 10:13 am

Shocked



As perdas totais das empresas ascendem a 2,8 mil milhões de euros


As perdas financeiras das empresas afectadas por crimes económicos aumentaram cerca de 40%, entre 2005 e 2007. Este é o resultado de um inquérito realizado pela PricewaterhouseCoopers, que entrevistou quadros dirigentes de 5400 companhias em 40 países. Em média, nos últimos dois anos, cada empresa perdeu 1,6 milhões de euros

Apesar dos esforços efectuados ao nível da regulamentação e dos processos de controlo, a fraude continua a representar uma ameaça significativa para as empresas de todo o mundo. O inquérito revela que, em 2007, os crimes económicos não diminuíram, quer tendo em consideração o país, sectores de actividade ou mesmo de acordo com o tamanho das empresas.

O inquérito revela que 43% das empresas questionadas foram vítimas, nos últimos dois anos, de algum tipo de crime económico. As perdas totais directas estimadas ascendem a 2,8 mil milhões de euros. Os crimes considerados no inquérito da PricewaterhouseCoopers foram a apropriação ilegítima de activos, fraude contabilística, suborno e corrupção, lavagem de dinheiro e usurpação de propriedade intelectual.

O roubo foi reportado como o crime mais frequente (30%). Seguem- -se a usurpação da propriedade intelectual (15%), corrupção e suborno (13%), fraude contabilística (12%) e lavagem de dinheiro (4%).

Além dos custos financeiros directos decorrentes dos diferentes tipos de fraude, as empresas reportam igualmente danos colaterais significativos nas suas operações e no sucesso dos seus negócios.

De todas as que denunciaram crimes internos na resposta ao inquérito, 88% afirmam que tiveram impactos negativos na marca e no moral dos colaboradores, 84% referem que os crimes económicos prejudicaram as sua relações com outras empresas e aumentaram as despesas com a regulação, sendo que 69% declararam que a fraude afectou negativamente a cotação das suas acções.

Diário de Notícias
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Crime económico aumentou 40% nos últimos dois anos
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Desenvolvimento Econômico Sustentável
» Abuso do poder econômico no processo eleitoral brasileiro.
» UNIUBE - ECONOMIA / FENÔMENO ECONÔMICO
» Entrevista: John Perkins (Hit-man) - Assassino Econômico
» O Trabalho voluntário e seu impacto econômico e social na sociedade

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Economia-
Ir para: