InícioInício  FAQFAQ  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  MembrosMembros  GruposGrupos  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Pelo menos 17 mortos em raides aéreos contra a Faixa de Gaza

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Vitor mango

avatar

Mensagens : 4711
Data de inscrição : 13/09/2007

MensagemAssunto: Pelo menos 17 mortos em raides aéreos contra a Faixa de Gaza   Qua Abr 16, 2008 1:39 pm

Pelo menos 17 mortos em raides aéreos contra a Faixa de Gaza
16.04.2008 - 18h04 Agências
Pelo menos 17 palestinianos, incluindo um operador de imagem da agência Reuters, foram mortos em raides da aviação israelita contra a Faixa de Gaza, lançados horas depois de três soldados terem perdido a vida numa emboscada reivindicada pelo Hamas.

O ataque mais mortífero ocorreu ao início da tarde, na região central do território palestiniano, quando um helicóptero israelita disparou vários mísseis contra um grupo de combatentes que se estariam a preparar para disparar obuses contra Israel. A AFP adianta que um ou mais projécteis acabariam por atingir um grupo de civis que se encontravam no campo de refugiados de Bureij. Entre as vítimas mortais do ataque, que feriu outras 17 pessoas, contam-se duas crianças, adiantam fontes hospitalares palestinianas.

Pouco depois, no mesmo sector, foi atacado o carro em que seguia Fadel Chanaa, um operador de câmara palestiniano de 23 anos, a trabalhar para a Reuters. Segundo a agência britânica, o veículo estava identificado com as letras “TV”, o que não impediu que fosse atingido por um míssil. Outros dois civis que se encontravam no local morreram no ataque, que o Exército israelita não confirmou ainda.

Os ataques desta tarde surgem em retaliação pela morte de três soldados israelitas, esta manhã, numa emboscada junto ao terminal de combustíveis de Nahal Oz, na fronteira com a Faixa de Gaza. A acção, descrita como “sofisticada”, foi reivindicada pelo braço armado do Hamas, o movimento que controla a Faixa de Gaza.

Os islamistas garantem não ter perdido nenhum operacional na emboscada, durante a qual foram usados munições pesadas, mas o Exército israelita adianta ter morto quatro dos oito atacantes. Um quinto activista do Hamas foi morto num terceiro raide aéreo, que provocou ainda ferimentos em outras três pessoas.

Apesar do ataque, o Governo israelita decidiu autorizar o reinício das entregas de combustível à Faixa de Gaza, suspensas desde o ataque da semana passada contra o terminal de Nahal Oz. O combustível, fornecido pela União Europeia, permite manter em funcionamento a principal central eléctrica de Gaza, que fornece energia a 800 mil residentes na cidade de Gaza e arredores.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Vitor mango

avatar

Mensagens : 4711
Data de inscrição : 13/09/2007

MensagemAssunto: Re: Pelo menos 17 mortos em raides aéreos contra a Faixa de Gaza   Qua Abr 16, 2008 1:44 pm

quando vira a altura dos judeus vindas dos 4 cantos do planeta ficarem a saber que o povo da Palestina tem todo o direito de se defender de um invasor

pois ! mas eles tiveram o holocausto e O Profeta deles garantiu-lhes que GOD lhes tinha prometido uma terra de pax
O tal GOD dos judeus deve ter escrito mal o local porque ao longo destes anos os judeus nunca tiveram pax e os palestinianos mesmo morrendo como tordos não desarmam
então ?????
em que ficamos
...solução ?
Simples ...quem não nasceu na Palestina

ALA ALA ALA
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Vitor mango

avatar

Mensagens : 4711
Data de inscrição : 13/09/2007

MensagemAssunto: Re: Pelo menos 17 mortos em raides aéreos contra a Faixa de Gaza   Qua Abr 16, 2008 3:19 pm

Série de confrontos deixa 22 mortos na Faixa de Gaza


Imagens mostram um jovem palestino ferido caído na estrada
Pelo menos 15 civis foram mortos em ataques na Faixa de Gaza
Uma série de confrontos deixou pelo menos 22 mortos nesta quarta-feira na Faixa de Gaza, incluindo 15 civis palestinos, quatro militantes do grupo Hamas e três soldados israelenses.

Os civis foram mortos em uma nova onda de ataques israelenses na região após a morte dos três soldados em confronto com membros do Hamas.

De acordo com informações do principal hospital da Faixa de Gaza, cinco crianças estavam entre os mortos de um dos ataques israelenses, perto do campo de refugiados de Bureij.

Segundo o correspondente da BBC em Jerusalém, Tim Frank, as crianças mortas tinham entre cinco e dez anos de idade.

Ao confirmar o ataque de Bureij, as autoridades de Israel afirmaram que o alvo eram militantes palestinos.

Um cinegrafista da agência de notícias Reuters, Fadel Shana, de 23 anos, também foi morto durante os ataques, aparentemente devido ao disparo de um tanque israelense. Shana foi atingido depois de sair de um veículo marcado com as palavras "TV" e "imprensa".

A Reuters diz que imagens recuperadas da câmera mostram um tanque israelense abrindo fogo a poucos metros de distância. A imagem some dois segundos depois do disparo, aparentemente no momento do impacto.

Confronto

Os ataques desta quarta-feira marcaram o dia mais violento na Faixa de Gaza desde as incursões israelenses realizadas na região entre fevereiro e março.

Na ocasião, cerca de cem pessoas foram mortas durante as operações lançadas por Israel depois de ataques com foguetes realizados por palestinos contra o território israelense.

A série de ataques desta quarta teve início cerca de três horas depois do confronto entre tropas israelenses e militantes do Hamas perto do posto de fronteira de Nasal Os, ao leste da cidade de Gaza.

Três soldados israelenses e quatro combatentes do Hamas foram mortos durante o confronto. Foi o maior número de militares israelenses mortos em um único incidente com palestinos em pelo menos três anos.

Reações

O movimento Hamas, que mantém controle sobre a Faixa de Gaza, disse ter matado os soldados em uma emboscada.

"Vamos enfrentar esta ocupação com mais e mais operações e emboscadas para seus soldados covardes", disse Abu Obeida, porta-voz do braço militar do Hamas que controla a Faixa de Gaza. "Um soldado sionista deve saber que esta batalha na Faixa de Gaza está perdida."

Uma porta-voz do Exército israelense, o major Avital Leibowitch, disse à BBC que, na área da barreira que cerca a Faixa de Gaza, existem muitos atiradores e esquadrões que disparam morteiros e foguetes Qassam contra Israel.

"O objetivo de nossas operações é tentar localizar estes atiradores que estão ameaçando aquelas comunidades israelenses e também tentar localizar os esquadrões que tentam se infiltrar ou lançar morteiros e foguetes", afirmou.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Cogito, ergo sun



Mensagens : 761
Data de inscrição : 09/04/2008
Idade : 97

MensagemAssunto: Re: Pelo menos 17 mortos em raides aéreos contra a Faixa de Gaza   Qua Abr 16, 2008 3:53 pm

RONALDO ALMEIDA escreveu:
ESSAS NOTICIAS SAO DEJA VUE. JA NINGUEM LIGA!!!

Pois. 17 mortos ninguém liga. São palestinianos. Ou negros. Não existem como o senhor Ronaldo gosta de dizer dos países que considera menores. Mas quando um aviãozino passa por umas torres em NY, aí é o fim do mundo para os States. Fazem guerras em tudo o que é sítio. Felizmente que são para as perder...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Pelo menos 17 mortos em raides aéreos contra a Faixa de Gaza   Qua Abr 16, 2008 5:28 pm

Cogito, ergo sun escreveu:
RONALDO ALMEIDA escreveu:
ESSAS NOTICIAS SAO DEJA VUE. JA NINGUEM LIGA!!!

Pois. 17 mortos ninguém liga. São palestinianos. Ou negros. Não existem como o senhor Ronaldo gosta de dizer dos países que considera menores. Mas quando um aviãozino passa por umas torres em NY, aí é o fim do mundo para os States. Fazem guerras em tudo o que é sítio. Felizmente que são para as perder...

ESSA A SUA OPINIAO!!!! errada!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Pelo menos 17 mortos em raides aéreos contra a Faixa de Gaza   Qui Abr 17, 2008 1:22 am







Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Pelo menos 17 mortos em raides aéreos contra a Faixa de Gaza   Qui Abr 17, 2008 1:27 am

Palestinians stand next the car of Reuters cameraman Fadel Shana after he was killed in Gaza, 16 April 2008. Shana and two other Palestinian civilians were killed in what local residents said was an Israeli air strike

Shana was killed by Israeli tank. It was the last thing he filmed in his life.






Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Pelo menos 17 mortos em raides aéreos contra a Faixa de Gaza   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Pelo menos 17 mortos em raides aéreos contra a Faixa de Gaza
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Qtd de duplas diferentes com pelo menos um homem é...
» Probab. de premiar pelo menos alguém?
» Probabilidade
» Fundamentos da teoria dos Conjuntos
» Combinatória - (algarismos)

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Europa e o Mundo-
Ir para: