InícioInício  FAQFAQ  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  MembrosMembros  GruposGrupos  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Análise: Acusação dos EUA à Síria levanta dúvidas

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Vitor mango

avatar

Mensagens : 4711
Data de inscrição : 13/09/2007

MensagemAssunto: Análise: Acusação dos EUA à Síria levanta dúvidas   Sex Abr 25, 2008 4:42 pm

Análise: Acusação dos EUA à Síria levanta dúvidas

Jonathan Marcus
Da BBC em Londres



Foto não datada da CIA mostrando o suposto reator em contrução no leste da Síria
O suposto reator nuclear teria sido destruído por Israel em 2007
Mais de seis meses depois de um ataque aéreo de Israel ter destruído um suposto reator nuclear em construção na Síria com a ajuda da Coréia do Norte, a divulgação de fotos que o governo americano afirma ter registrado antes do ataque levantou dúvidas e abalou o mundo diplomático.

As ramificações podem ser consideráveis, para o Oriente Médio e para o futuro do programa de armas nucleares da Coréia do Norte.

O caso também aumenta a desconfiança entre os Estados Unidos e a agência nuclear das Nações Unidas (AIEA). Mesmo no Congresso americano, os congressistas não ficaram satisfeitos com o fato de o governo ter escondido estas provas por algum tempo.

O pivô de tudo isso é o vídeo de dez minutos divulgado pelo governo de George W. Bush, que mostra fotografias e alega que as fotos foram tiradas dentro de uma instalação em construção na Síria.

Não há confirmação independente para verificar as informações, mas uma análise inicial sugere que as fotos mostram um reator nuclear muito semelhante ao modelo usado em Yongbyon, na Coréia do Norte.

As revelações levantaram várias questões. Por exemplo: para que serve o reator? Não há sinal das instalações auxiliares necessárias no caso de um reator para geração de energia.

Mas também não há sinais de outros elementos dos programas de fabricação de bombas - uma instalação para separar o plutônio e uma fábrica que iria montar a arma.

Se, como afirmam os americanos, a construção do reator estava próxima da conclusão, de onde o combustível de urânio teria vindo?

E qual a razão de os Estados Unidos terem divulgado essas informações apenas agora? Foi um esforço para isolar ainda mais a Síria ou pressionar ainda mais a Coréia do Norte?

Ruim para dois países

O que se pode destacar é que um suposto envolvimento nuclear entre os governos da Coréia do Norte e da Síria pode ser ruim para os dois países.


Seqüência de eventos
6 de setembro de 2007: Israel bombardeia o local na Síria
1º de outubro de 2007: presidente da Síria, Bashar Al-Assad, diz à BBC que o local era instalação militar
24 de outubro de 2007: novas imagens de satélite mostram que escavadeiras limparam o local
24 de abril de 2008: Estados Unidos alegam que o local bombardeado na Síria era construção de reator nuclear

Em meio às informações sobre a retomada do conflito entre Israel e Síria, também existem informações de um possível acordo entre os dois países sobre as Colinas do Golã.

Os sinais são complexos e contraditórios, mas a descoberta de um programa nuclear clandestino da Síria, no momento, serve para aumentar ainda mais o isolamento do país. E, sem a participação dos Estados Unidos, qualquer acordo entre Síria e Israel seria ilusório.

Alguns analistas afirmam que a decisão dos americanos de divulgar as fotos do reator sírio pode ser o ponto alto da disputa entre duas correntes dentro do governo Bush.

Neste caso, a vitória foi da corrente a favor de medidas mais drásticas. Na visão desta corrente, os americanos não deveriam aceitar nenhuma negociação com a Síria, nem deveriam fazer as concessões necessárias à Coréia do Norte para manter vivo o acordo para a redução de seu programa nuclear.

Está claro que as vozes mais conservadoras, dentro e fora do governo Bush, vêem falhas graves na proposta de acordo com a Coréia do Norte. Os mais liberais também têm essa visão.

Então, a dúvida é se essas informações secretas tiveram o objetivo de enfurecer o governo norte-coreano para prejudicar as chances de um acordo.

O interessante é que o negociador-chefe dos Estados Unidos para a Coréia do Norte, Christopher Hill, notou que, atualmente, na visão dos Estados Unidos, a cooperação nuclear entre a Coréia do Norte e a Síria não está mais em vigor.

Congressistas e ONU

Além da insatisfação dos congressistas americanos, a demora em divulgar os dados também deixou o chefe da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), Mohamed El-Baradei, insatisfeito.

Baradei afirma que o governo americano forneceu as provas a respeito do reator da Síria apenas no dia em que apresentou as fotos aos congressistas.

Em uma declaração divulgada pela AIEA, Baradei afirma que "deplora o fato de que a informação não foi fornecida à agência em um momento mais oportuno". E a AIEA afirmou que vai investigar mais as alegações.

Mas, no local onde o suposto reator em construção foi atacado, um novo prédio está sendo construído. E é mais provável que os sírios não dêem acesso ao local. Com isso, é difícil saber até onde uma investigação da AIEA pode chegar
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Vitor mango

avatar

Mensagens : 4711
Data de inscrição : 13/09/2007

MensagemAssunto: Re: Análise: Acusação dos EUA à Síria levanta dúvidas   Sex Abr 25, 2008 4:47 pm

acreditar no Bush é o mesmo mque acreditar naqs terriveis armas de destruição massissas ou massiças
O gajo é um louco aldrabão
tanto mentiu que agora pode dizer o que quiser ninguem acredita
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Cogito, ergo sun



Mensagens : 761
Data de inscrição : 09/04/2008
Idade : 97

MensagemAssunto: Re: Análise: Acusação dos EUA à Síria levanta dúvidas   Sex Abr 25, 2008 4:50 pm

Vitor mango escreveu:
acreditar no Bush é o mesmo mque acreditar naqs terriveis armas de destruição massissas ou massiças
O gajo é um louco aldrabão
tanto mentiu que agora pode dizer o que quiser ninguem acredita


Não diga isso. O Senhor Ronaldo diz que não. Ainda anda á procura de como pensam 61% dos americanos...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Análise: Acusação dos EUA à Síria levanta dúvidas   Sex Abr 25, 2008 11:35 pm

Cogito, ergo sun escreveu:
Vitor mango escreveu:
acreditar no Bush é o mesmo mque acreditar naqs terriveis armas de destruição massissas ou massiças
O gajo é um louco aldrabão
tanto mentiu que agora pode dizer o que quiser ninguem acredita


Não diga isso. O Senhor Ronaldo diz que não. Ainda anda á procura de como pensam 61% dos americanos...

62% nao apoiam BUSH !!! Mas 89% tanbem nao gostam do trabalho que faz o CONGRESSO, de maioria DEMOCRATA!!! sE NAO APOIAM O TRABALHO DE bush , AINDA MENOS O DO Congresso!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Análise: Acusação dos EUA à Síria levanta dúvidas   Sex Abr 25, 2008 11:37 pm

Vitor mango escreveu:
Análise: Acusação dos EUA à Síria levanta dúvidas

Jonathan Marcus
Da BBC em Londres



Foto não datada da CIA mostrando o suposto reator em contrução no leste da Síria
O suposto reator nuclear teria sido destruído por Israel em 2007
Mais de seis meses depois de um ataque aéreo de Israel ter destruído um suposto reator nuclear em construção na Síria com a ajuda da Coréia do Norte, a divulgação de fotos que o governo americano afirma ter registrado antes do ataque levantou dúvidas e abalou o mundo diplomático.

As ramificações podem ser consideráveis, para o Oriente Médio e para o futuro do programa de armas nucleares da Coréia do Norte.

O caso também aumenta a desconfiança entre os Estados Unidos e a agência nuclear das Nações Unidas (AIEA). Mesmo no Congresso americano, os congressistas não ficaram satisfeitos com o fato de o governo ter escondido estas provas por algum tempo.

O pivô de tudo isso é o vídeo de dez minutos divulgado pelo governo de George W. Bush, que mostra fotografias e alega que as fotos foram tiradas dentro de uma instalação em construção na Síria.

Não há confirmação independente para verificar as informações, mas uma análise inicial sugere que as fotos mostram um reator nuclear muito semelhante ao modelo usado em Yongbyon, na Coréia do Norte.

As revelações levantaram várias questões. Por exemplo: para que serve o reator? Não há sinal das instalações auxiliares necessárias no caso de um reator para geração de energia.

Mas também não há sinais de outros elementos dos programas de fabricação de bombas - uma instalação para separar o plutônio e uma fábrica que iria montar a arma.

Se, como afirmam os americanos, a construção do reator estava próxima da conclusão, de onde o combustível de urânio teria vindo?

E qual a razão de os Estados Unidos terem divulgado essas informações apenas agora? Foi um esforço para isolar ainda mais a Síria ou pressionar ainda mais a Coréia do Norte?

Ruim para dois países

O que se pode destacar é que um suposto envolvimento nuclear entre os governos da Coréia do Norte e da Síria pode ser ruim para os dois países.


Seqüência de eventos
6 de setembro de 2007: Israel bombardeia o local na Síria
1º de outubro de 2007: presidente da Síria, Bashar Al-Assad, diz à BBC que o local era instalação militar
24 de outubro de 2007: novas imagens de satélite mostram que escavadeiras limparam o local
24 de abril de 2008: Estados Unidos alegam que o local bombardeado na Síria era construção de reator nuclear

Em meio às informações sobre a retomada do conflito entre Israel e Síria, também existem informações de um possível acordo entre os dois países sobre as Colinas do Golã.

Os sinais são complexos e contraditórios, mas a descoberta de um programa nuclear clandestino da Síria, no momento, serve para aumentar ainda mais o isolamento do país. E, sem a participação dos Estados Unidos, qualquer acordo entre Síria e Israel seria ilusório.

Alguns analistas afirmam que a decisão dos americanos de divulgar as fotos do reator sírio pode ser o ponto alto da disputa entre duas correntes dentro do governo Bush.

Neste caso, a vitória foi da corrente a favor de medidas mais drásticas. Na visão desta corrente, os americanos não deveriam aceitar nenhuma negociação com a Síria, nem deveriam fazer as concessões necessárias à Coréia do Norte para manter vivo o acordo para a redução de seu programa nuclear.

Está claro que as vozes mais conservadoras, dentro e fora do governo Bush, vêem falhas graves na proposta de acordo com a Coréia do Norte. Os mais liberais também têm essa visão.

Então, a dúvida é se essas informações secretas tiveram o objetivo de enfurecer o governo norte-coreano para prejudicar as chances de um acordo.

O interessante é que o negociador-chefe dos Estados Unidos para a Coréia do Norte, Christopher Hill, notou que, atualmente, na visão dos Estados Unidos, a cooperação nuclear entre a Coréia do Norte e a Síria não está mais em vigor.

Congressistas e ONU

Além da insatisfação dos congressistas americanos, a demora em divulgar os dados também deixou o chefe da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), Mohamed El-Baradei, insatisfeito.

Baradei afirma que o governo americano forneceu as provas a respeito do reator da Síria apenas no dia em que apresentou as fotos aos congressistas.

Em uma declaração divulgada pela AIEA, Baradei afirma que "deplora o fato de que a informação não foi fornecida à agência em um momento mais oportuno". E a AIEA afirmou que vai investigar mais as alegações.

Mas, no local onde o suposto reator em construção foi atacado, um novo prédio está sendo construído. E é mais provável que os sírios não dêem acesso ao local. Com isso, é difícil saber até onde uma investigação da AIEA pode chegar

O facto de que a SIRIA nao negou a vericidade apresentada pelos Americanos, claro nao significa nada????????????
Voltar ao Topo Ir em baixo
Vitor mango

avatar

Mensagens : 4711
Data de inscrição : 13/09/2007

MensagemAssunto: Re: Análise: Acusação dos EUA à Síria levanta dúvidas   Sab Abr 26, 2008 1:48 am

S judeus negoceiam na sombra a entrega dos montes golã
Só que o esquema é agora de tal modo que ninguém pode negociar nada isolado n
Eu Explico

Do lado dos Judeus , os ortodoxos querem ocupar toda a Cisjordania e Jerusalem deitando abaixo tudo o que é mesquita e berrar ao mundo que agora sim cumpriram os designios do livro sagrado Thora
Do lado do Hams ( que como sabe foi uma criação da Moussad ) nada pode assinar porque no dia que o fizesse desaparecia como movimento
Olhe ...quer um exemplo ?
Peça ao Sócrates para legalizar a ocupação de Olivença pelos Espanhóis ...
Devia ser bonito a berraria e os nomes ao PM se o fizesse
Os impérios destroem-se quando se alargam
E Israel caiu nessa armadilha

Saiu de gaza porque aquilo só tem uma solução
matarem toda aquela gente ... e vontade nao faltam aos judeus ...só que o mundo começaq a ficar saturado de tasnto problemas por causa da ******* dum muro

Por isso meu caro sempre viu aqui o Mango a berrar que nunca se deve misturar religião com politica
cada coisa no seu devido lugar
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lech Walesa

avatar

Mensagens : 452
Data de inscrição : 30/01/2008

MensagemAssunto: Re: Análise: Acusação dos EUA à Síria levanta dúvidas   Sab Abr 26, 2008 7:35 am

Vitor mango escreveu:
S judeus negoceiam na sombra a entrega dos montes golã
Só que o esquema é agora de tal modo que ninguém pode negociar nada isolado n
Eu Explico

Do lado dos Judeus , os ortodoxos querem ocupar toda a Cisjordania e Jerusalem deitando abaixo tudo o que é mesquita e berrar ao mundo que agora sim cumpriram os designios do livro sagrado Thora
Do lado do Hams ( que como sabe foi uma criação da Moussad ) nada pode assinar porque no dia que o fizesse desaparecia como movimento
Olhe ...quer um exemplo ?
Peça ao Sócrates para legalizar a ocupação de Olivença pelos Espanhóis ...
Devia ser bonito a berraria e os nomes ao PM se o fizesse
Os impérios destroem-se quando se alargam
E Israel caiu nessa armadilha

Saiu de gaza porque aquilo só tem uma solução
matarem toda aquela gente ... e vontade nao faltam aos judeus ...só que o mundo começaq a ficar saturado de tasnto problemas por causa da ******* dum muro

Por isso meu caro sempre viu aqui o Mango a berrar que nunca se deve misturar religião com politica
cada coisa no seu devido lugar

Ó MANGO quem matou o Isaac Rabin?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Vitor mango

avatar

Mensagens : 4711
Data de inscrição : 13/09/2007

MensagemAssunto: Re: Análise: Acusação dos EUA à Síria levanta dúvidas   Sab Abr 26, 2008 8:45 am

Na mouche
Um fanatico judeu ultra ...a mando de ...
Exactamente meu caro amigos
De ambos os lados afiam as espadas e o fio e isso garante que o sangue vai correr
E
Enquanto o mexilhao se agarra desesperadamente á rocha
...
os falcões e negociantes de armas e sangue esfregam as maos de contentes
Este o mal da VIOLENCIA
Sangue gera mais sangue
e
Com quem ferros mata com ferros morre
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Análise: Acusação dos EUA à Síria levanta dúvidas   Sab Abr 26, 2008 8:47 am

A SIRIA nao nega a verdade das acusacoes!!! Isso claro fazem-se de surdos!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Vitor mango

avatar

Mensagens : 4711
Data de inscrição : 13/09/2007

MensagemAssunto: Re: Análise: Acusação dos EUA à Síria levanta dúvidas   Sab Abr 26, 2008 9:09 am

RONALDO ALMEIDA escreveu:
A SIRIA nao nega a verdade das acusacoes!!! Isso claro fazem-se de surdos!!!

mEU CARO
o VERDADEIRO TERROR VEM DA AMERICA E DE iSRAEL
sE TIVER UM LAPIS AÍ EU CONTO-LHE O NUMERO DE MORTOS INVASÕES DE PAISES , VENDA DE ARMAS , SABOTAGENS , MORTES DE GENTE INOCENTE E OUTROS MIMOS
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Análise: Acusação dos EUA à Síria levanta dúvidas   Sab Abr 26, 2008 9:14 am

Vitor mango escreveu:
RONALDO ALMEIDA escreveu:
A SIRIA nao nega a verdade das acusacoes!!! Isso claro fazem-se de surdos!!!

mEU CARO
o VERDADEIRO TERROR VEM DA AMERICA E DE iSRAEL
sE TIVER UM LAPIS AÍ EU CONTO-LHE O NUMERO DE MORTOS INVASÕES DE PAISES , VENDA DE ARMAS , SABOTAGENS , MORTES DE GENTE INOCENTE E OUTROS MIMOS

Claro, em defesa do OCIDENTE e dos seus interesses e contra os Ditadores e DITADURAS!!! Para travar os SOVIETICOS, para acabar com os NAZIS!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Análise: Acusação dos EUA à Síria levanta dúvidas   Sab Abr 26, 2008 9:19 am

Já algum dia se debruçou sobre o tema "a entrada dos USA na WWII" Question , faça esse pequeno exercício antes de voltar a debitar Wink
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Análise: Acusação dos EUA à Síria levanta dúvidas   Sab Abr 26, 2008 9:29 am

ricardonunes escreveu:
Já algum dia se debruçou sobre o tema "a entrada dos USA na WWII" Question , faça esse pequeno exercício antes de voltar a debitar Wink

Primeiro leia o livro " LIBERALISM IS A MENTAL DISORDER" Wink
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Análise: Acusação dos EUA à Síria levanta dúvidas   Sab Abr 26, 2008 9:34 am

RONALDO ALMEIDA escreveu:
ricardonunes escreveu:
Já algum dia se debruçou sobre o tema "a entrada dos USA na WWII" Question , faça esse pequeno exercício antes de voltar a debitar Wink

Primeiro leia o livro " LIBERALISM IS A MENTAL DISORDER" Wink

O seu problema é mesmo esse!!!!!!!!! perder tempo com lixo literário (tenho as minhas dúvidas que o tenha lido, derivado ás suas ..............).

Mas não fuja ao assunto, está bem Wink
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Análise: Acusação dos EUA à Síria levanta dúvidas   Sab Abr 26, 2008 9:42 am

RONALDO ALMEIDA escreveu:
Quem foje aos assuntos e voce!!! SEMPRE!!Responde as perguntas com perguntas!!! TIPICO!!!Mas essa tactica infantil nao pega comigo!! Very Happy

Explique onde que eu rodeie a questão??????????

E depois, explique o porquê dos USA entrarem no no conflito (WWII), não se esqueça de quem puxou o tema?????????
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Análise: Acusação dos EUA à Síria levanta dúvidas   Sab Abr 26, 2008 10:04 am

COMO LHE VOU RESPONDER , SE SOU IGNORANTE E NAO SEI NADA, NEM LER , NEM ESCREVER? Laughing Laughing Laughing Laughing
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Análise: Acusação dos EUA à Síria levanta dúvidas   Sab Abr 26, 2008 10:10 am

RONALDO ALMEIDA escreveu:
COMO LHE VOU RESPONDER , SE SOU IGNORANTE E NAO SEI NADA, NEM LER , NEM ESCREVER? Laughing Laughing Laughing Laughing

Não sei, quem lançou o tema deve ter fontes para se basear no que afirma Idea

E evite escrever em maiúsculas, o conselho é extensível a todos Exclamation Exclamation
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Análise: Acusação dos EUA à Síria levanta dúvidas   Sab Abr 26, 2008 10:13 am

ricardonunes escreveu:
RONALDO ALMEIDA escreveu:
COMO LHE VOU RESPONDER , SE SOU IGNORANTE E NAO SEI NADA, NEM LER , NEM ESCREVER? Laughing Laughing Laughing Laughing

Não sei, quem lançou o tema deve ter fontes para se basear no que afirma Idea

E evite escrever em maiúsculas, o conselho é extensível a todos Exclamation Exclamation

PERDAO JESUS, por ter escrito em Maiusculas!!!

As minhas fontes, nao os convencem. Veem se sites NAZISTAS, ANTI-DEMOCRATICOS, ANTI-XUXAS!!! Como os posso convencer? Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Análise: Acusação dos EUA à Síria levanta dúvidas   Sab Abr 26, 2008 10:17 am

RONALDO ALMEIDA escreveu:
ricardonunes escreveu:
RONALDO ALMEIDA escreveu:
COMO LHE VOU RESPONDER , SE SOU IGNORANTE E NAO SEI NADA, NEM LER , NEM ESCREVER? Laughing Laughing Laughing Laughing

Não sei, quem lançou o tema deve ter fontes para se basear no que afirma Idea

E evite escrever em maiúsculas, o conselho é extensível a todos Exclamation Exclamation

PERDAO JESUS, por ter escrito em Maiusculas!!!

As minhas fontes, nao os convencem. Veem se sites NAZISTAS, ANTI-DEMOCRATICOS, ANTI-XUXAS!!! Como os posso convencer? Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing

Mais uma vez, airosamente, foge ao tema que lançou Idea
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Análise: Acusação dos EUA à Síria levanta dúvidas   Sab Abr 26, 2008 10:28 am

Nesse GRUPO so reconheco um DEMOCRATA!!! Que anda enganado!!! Laughing Laughing Laughing Laughing
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Presidente sírio nega que alvo bombardeado em 2007 por Israel fosse instalação atómica   Dom Abr 27, 2008 4:41 am

27 de Abril de 2008, 10:27

Doha, 27 Abr (Lusa) - O presidente da Síria, Bachar Al-Assad, negou hoje que o sítio bombardeado no ano passado por Israel em território sírio fosse um reactor nuclear militar como foi afirmado pelos Estados Unidos, garantindo que Damasco não pretende possuir a bomba atómica.

O ataque aéreo israelita de Setembro de 2007 "visou um complexo militar em construção, não uma instalação nuclear, como pretendem fazer crer Israel e os Estados Unidos", disse o presidente Al-Assad em entrevista publicada hoje pelo diário Al-Watan, do Qatar.

"Seria normal que construíssemos uma instalação nuclear no deserto e que não a protegêssemos com defesas anti aéreas, um sítio nuclear exposto aos satélites (de espionagem) no centro da Síria e em espaço aberto?", questionou Al-Assad.

"Não pretendemos possuir a bomba atómica, mesmo que o Irão adquira uma", insistiu o presidente sírio, cujo país é um forte aliado de Teerão.

O Irão é suspeito de desenvolver um programa nuclear militar, mas afirma que as suas intenções são meramente para fins civis.

"Onde utilizaria (o Irão) armamento nuclear, se as guerras na região continuam a ser convencionais", insistiu Bachar Al-Assad.

Os Estados Unidos afirmaram na semana passada que o alvo na Síria destruído pela aviação israelita em 06 de Setembro de 2007 eram instalações para um reactor nuclear construído secretamente com ajuda da Coreia do Norte.

O director da Agência Internacional da Energia Atómica (AIEA) criticou há dias os Estados Unidos e Israel por não o terem informado sobre a existência dessa suposta instalação nuclear secreta na Síria.

A CIA apresentou quinta-feira ao Congresso dos Estados Unidos provas, entre as quais um vídeo, que segundo Washington revelam que a Síria estava a construir um reactor nuclear para fins militares com a ajuda da Coreia do Norte.

De acordo com os Estados Unidos, este reactor viria a permitir fabricar a bomba atómica se não tivesse sido destruído por Israel.

JMS.

Lusa/Fim
Voltar ao Topo Ir em baixo
Vitor mango

avatar

Mensagens : 4711
Data de inscrição : 13/09/2007

MensagemAssunto: Re: Análise: Acusação dos EUA à Síria levanta dúvidas   Dom Abr 27, 2008 4:53 am

lembro que a Moussad escondida na sua acção de perseguir Nazis actuava em países fora de Israel matando e eliminando "palestianos "
Se a memoria não me trai só quando entrou na Noruega e depois em França a Europa começou a não gostar da brincadeira
Pouco a pouco a Europa separou-se dos EUA na defesa cega de Israel
Alias a Europa no Caso do Suez esteve no campo oposto ao americanos ( e ai a França e a Inglaterra fizeram uma brincadeira no Deserto que a américa mandou acabar )
No caso


nem nunca ter comido nem bebido com falcões de um ou outro lado ... eu gostaria de ver como a america reagiria se a China tivesse umj exercito de 200.000 soldados e tudo o que de melhor houvesse em armamento
Irão e a SIRIA teem serias razões para se armarem ...com ou sem camuflagem
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Análise: Acusação dos EUA à Síria levanta dúvidas   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Análise: Acusação dos EUA à Síria levanta dúvidas
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» ARITMETICA / Análise Matematica
» Análise matemática - (bases)
» Análise Combinatória em sistemas lineares
» Análise combinatória - (biblioteca)
» Análise combinatória - dúvida resoluções 3

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Europa e o Mundo-
Ir para: