InícioInício  FAQFAQ  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  MembrosMembros  GruposGrupos  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Porquê Israel tem que ser destruído.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte
AutorMensagem
jps

avatar

Mensagens : 127
Data de inscrição : 14/09/2007

MensagemAssunto: Porquê Israel tem que ser destruído.   Seg Out 29, 2007 4:59 am

Ora bem hoje decidi abrir um novo topico neste assunto uma vez que o mesmo topico no ECO teve a reação do inergumeno do Tribunus de uma forma que ainda hoje me recuso a acreditar e muito menos a aceitar.
Depois e como era de esperar a (adeministração,como eu já esperava) tomou o partido da (sinagoga) e fez ouvidos de mercador.

Assim e para manter a integridade do documento que ali colei e, que deu origem ao meu afastamento do ECO, vou colocálo aqui para discussão ou leitura se assim o entenderem.

Devo avisar que não pretendi atacar Israel enquanto país nem tão pouco advogar a sua destruição enquanto nação, mas sim fazer uma analize daquilo que penso ser preciso fazer para travar o sionismo na sua caminhada genocida só comparavel ao nazismo de hitler.

A chantagem do anti-semitismo

O sionismo sempre utilizou o holocauto nazi e o anti-semitismo como pretextos para defender a sua politica. O seu argumento era de que somente a criação e existencia de um estado (Israel) poderia garantir refugio para os judeus perseguidos e ao mesmo tempo a segurança para todos os judeus do mundo. A partir dessa ideia, identificou os conceitos de “judaismo com sionismo” e, desde então, todo aquele que critica o sionismo ou estado de Israel pelas suas praticas genocidas na Palestina, é automaticamente acusado de “anti-semita”.
Esse argumento falso e hipócrita e, pura e simplesmente, uma cruel ironia histórica: ....Os judeus israelitas, muitos deles descendentes de judeus perseguidos pelo nazismo, são precisamente aqueles que aplicam a desumana politica de massacre e terror sobre os palestinianos.
Este facto não só iguala os sionistas actuais aos velhos nazis, como tambem,e segundo a pacifista israelita Uri Avnery, os vem transformando na maior “fabrica” anti-semita.
Por outro lado, uma analise da historia de sionismo (liberta de perconceitos) mostrará que, na epoca do nazismo, algumas correntes sionistas, nada fizeram para salvar os judeus da Europa Ocidental, sendo por isso cumplices do holocausto, dado o seu objectivo maior de criar perante o mundo a necessidade do estado judaico.
Percebe-se hoje que o anti-semitismo, embora subsista graças as acções genocidas do estado de Israel nos territórios ocupados, deixou de ser uma das principais do racismo no mundo.
A maioria dos judeus integrou-se nas diversas sociedades do pós guerra, e hoje fazem parte em muitos paises das classes dominantes,que paradoxalmente estão na linha da frente no suporte económico do estado sionista. Como exemplo vem os casos bem conhecidos dos países imperialistas,onde as piores acções de descriminação e racismo são dirigidas ás minorias étnicas. Actualmente na Alemanha pós nazi, os principais alvos dos ataques dos neonazis não são os judeus mas a minorias de imigrantes.
Mas independentemente de tudo isso, pessoalmente repudio qualquer ataque dirigido aos judeus só pelo facto de serem judeus.
É portanto necessário entender que por detrás daquilo que aqui fica dito não hexiste qualquer motivo anti-semita, mas sim uma prespectiva independente e desapaixonada.
Entretanto essa posição de principio, não nos pode fazer esquecer, que para os sionistas “anti-semita” é todo aquele que se opõe ao caracter racista e genocida do estado de Israel nas suas práticas nazis.

To be continued
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
jps

avatar

Mensagens : 127
Data de inscrição : 14/09/2007

MensagemAssunto: Re: Porquê Israel tem que ser destruído.   Seg Out 29, 2007 5:03 am

Comprendo perfeitamente que o nosso amigo Tribunus como menbro superior da “Sinagoga” tenha a opinião que tem sobre as ideias que não são concordantes com as que perfilha.
Acho no entanto que deve ser um pouco mais comedido na apreciação que faz das ideias dos outros, a não ser é claro, que seja o dono da verdade historica judaica.
Mas deixando a polemica dos gostos e opiniões pessoais do Tribunus passamos ao resume do capitulo seguinte onde se abordam situações que ilustram aquilo que é o estado sionista de Israel..
Israel, um estado racista!

Em primeiro lugar,Israel constituiu-se como um estado racista desde a sua fundação, dos pontos de vista ideologico e legislativo.Israel é oficialmenteum “estado judaico”. Isto é, não é um estado de todos os habitantes que residam no paìs ou tenham nascido nele,mas um estado onde só podem ser cidadãos aqueles que se considerem de “fé” ou descendencia judaica.
Para deixar mais claro este caracter racista do estado de Israel,lembramos que 90% das terras são reservadas exclusivamente para judeus atraves do “ Fundo Nacional Judaico,cujo estatuto define que as “terras de Israel” pertencem a essa instituição e não podem ser vendidas , arrendadas ou mesmo trabalhadas por um não judeu. Alem disso,os palestinianos são proibidos de comprar ou arrendar as suas proprias terras que veem sendo anexadas pelo estado de Israel desde 1948.
Ao mesmo tempo, os judeus do mundo inteiro podem imigrar legalmente e obterem a nacionalidade israelita acompanhada de uma infinidade de outras benesses/previlegios que os nativos não judeus não pussuem pese o facto de serem indigenas da terra.

Desde a fundação de Israel existe um sistema de descriminação racial que domina absolutamente todos os destinos da vida palestiniana.
Seria impensavel nos nossos dias, que um qualquer outro país tivesse como politica oficial a expropriação das terras dos judeus ou simplesmente poibisse que alguem não judeu pudesse estabelecer-se nele ou até.....casar-se com com uma mulher ou homem judeu. Assim como seria impensavel que qualquer outro país (com excepção dos USA) decidi-se construir um “muro” de “contenção” nas suas fronteiras. Se a memória não nos falha, um outro “muro”, não menos ignobil, ficou conhecido por “muro da vergonha”, mas como é logico (outros tempos ,outras vontades e valores) este novo “muro” tem a justificação (i-moral) de manter fora os terroristas Palestinianos.
Obviamente, esse país seria classificado anti-semitismo,racista, xenofobo tal como se passou com o regime do apartheid Sul Africano.
No entanto meus amigos tudo isso é legal em Israel e garantido por uma serie de instituições e leis suportadas pelos apoiantes imperialistas que somente afectam os habitantes não judeus.
Mais grave ainda!!!!!!! Que diz o mundo “civilizado” acerca desta aberração do seculo........”coitadinhos” dos judeus, depois de tanto terem sofrido ás mãos dos Nazis, ainda lhe querem destriui a pátria.......e assim, com esta postura são colaboradores das atrocidades e atropelos diariamente cometidos sobre os Palestinianos em subserviencia politica,economica e ideologica ao imperialismo mundial.

To be continued.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Anarca
Admin
avatar

Mensagens : 1605
Data de inscrição : 13/09/2007

MensagemAssunto: Re: Porquê Israel tem que ser destruído.   Seg Out 29, 2007 6:10 am

Penso que a questão Judaica não pode ser avaliada tendo apenas em conta os acontecimentos do último Século...

Os Judeus travam guerras e são perseguidos desde sempre...

Nenhuma cultura tem uma história de conflitos como os Judeus...

Até os ciganos conseguiram "integrar-se", continuando a manter a sua cultura...

A única explicação - para mim - é que os Judeus pensam mesmo que são o Povo Escolhido, e o resto são pecadores...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Porquê Israel tem que ser destruído.   Seg Out 29, 2007 6:26 am

jps escreveu:
Se a memória não nos falha, um outro “muro”, não menos ignobil, ficou conhecido por “muro da vergonha”,

Recuei, um pouco mais (no tempo) e encontrei isto Arrow



Varsóvia

E a actualidade Arrow



Israel


Tirando as dimensões dos dois muros, 3 metros no 1º e oito no 2º, em tudo são iguais, até mesmo o seu propósito, criação de guetos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Porquê Israel tem que ser destruído.   Seg Out 29, 2007 6:38 am

O NAZISMO E O ISLAMO-FASCISMO teem 2 coisas em comum. O ODIO AOS judeus!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
ECOADOR

avatar

Mensagens : 205
Data de inscrição : 26/10/2007

MensagemAssunto: Re: Porquê Israel tem que ser destruído.   Seg Out 29, 2007 7:08 am

Anarca escreveu:
Penso que a questão Judaica não pode ser avaliada tendo apenas em conta os acontecimentos do último Século...

Os Judeus travam guerras e são perseguidos desde sempre...

Nenhuma cultura tem uma história de conflitos como os Judeus...

Até os ciganos conseguiram "integrar-se", continuando a manter a sua cultura...

A única explicação - para mim - é que os Judeus pensam mesmo que são o Povo Escolhido, e o resto são pecadores...


Por acaso e por muito ter coçado a tola cheguei á mesma opinião
Só que o termo cultura não se pode aplicar aqui
Estando num grupo de amigos ...penso ( logo Existo )
que
Que formou este complexo social com estrelas planetas curvas hipopotomas abelhas e moscardo meteu vários chips no pessoal
Uns que nunca mudam e que dão para ossos
e os outros em perfeita revolução evolutiva
Verifico que ...
que ...
e mais nao digo ...porque namepatece
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
ECOADOR

avatar

Mensagens : 205
Data de inscrição : 26/10/2007

MensagemAssunto: Re: Porquê Israel tem que ser destruído.   Seg Out 29, 2007 7:15 am

RONALDO ALMEIDA escreveu:
O NAZISMO E O ISLAMO-FASCISMO teem 2 coisas em comum. O ODIO AOS judeus!!!



Caro RON por acaso ate nem é isso
Eu explico
O judeu teve sempre tendência a isolar-se para não passar muitos dos seus segredos (artesanato e derivados ) ...sabiam ler por cultura numa época em que andar a cavalo e ter uma espada era mais civilizado
Acho que o Hitler tinha um problema
cacau ($$$) e ele sabia onde ele existia
Nos Judeus
Logo ele inventou algo para sacar o mesmo aos judeus
Olhe o Nosso D. João ii deixou entrar os judeus em Portugal Fugidos de Espanha desde que pagassem Gorda maquia
Depois o D. Manuel para os deixar sair só se eles pagassem farta e gorda maquia

A cultura " católica " é muito mais subtil
Girou em varias frentes
Olhe ainda ontem fez mais 500 SANTOS PADRES MORTOS NA GUERRA CIVILK DE Espanha
Só que a guerra civil em Espanha dita religiosa esteve longe de o ser ...mas na altura dava jeito que o fosse e o Salazar e o Franco aproveitaram para limpar o sebo a vários milhares de Seres Humanos
Este assunto será tratado pelo Ecoador quando tiver tempo ate porque estou a ler about

E ja que esta aí nos Estados Unidos
Diga lá quem detem o cacau por essa banda ?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Porquê Israel tem que ser destruído.   Seg Out 29, 2007 7:16 am

BOM, o POVO escolhido e , nas ultimas decadas o dos USA!!! Laughing Laughing Laughing Laughing
Voltar ao Topo Ir em baixo
ECOADOR

avatar

Mensagens : 205
Data de inscrição : 26/10/2007

MensagemAssunto: Re: Porquê Israel tem que ser destruído.   Seg Out 29, 2007 7:18 am


tres urras pela presença do JPS
O jps tem um sentido de humor que eu me revejo
A presença aqui na Vaga equivalem a uma valia enorme

Urra
Urra
Urra
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
ECOADOR

avatar

Mensagens : 205
Data de inscrição : 26/10/2007

MensagemAssunto: Re: Porquê Israel tem que ser destruído.   Seg Out 29, 2007 7:20 am

RONALDO ALMEIDA escreveu:
BOM, o POVO escolhido e , nas ultimas decadas o dos USA!!! Laughing Laughing Laughing Laughing

Caro Ron
Ate vou concordar consigo
Só que o Povo dos Estados Unidos tem uma virtude
Acerta sempre com o caminho depois de ter andado errado por todos os outros (cito Churchill )

Os EUA sabe mexer bem nos seus erros
Vejo como ele lambeu as feridas do Vietname e como chamou a si os erros do Iraque
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Porquê Israel tem que ser destruído.   Seg Out 29, 2007 7:23 am

ECOADOR escreveu:
RONALDO ALMEIDA escreveu:
O NAZISMO E O ISLAMO-FASCISMO teem 2 coisas em comum. O ODIO AOS judeus!!!


Caro RON por acaso ate nem é isso
Eu explico
O judeu teve sempre tendência a isolar-se para não passar muitos dos seus segredos (artesanato e derivados ) ...sabiam ler por cultura numa época em que andar a cavalo e ter uma espada era mais civilizado
Acho que o Hitler tinha um problema
cacau ($$$) e ele sabia onde ele existia
Nos Judeus
Logo ele inventou algo para sacar o mesmo aos judeus
Olhe o Nosso D. João ii deixou entrar os judeus em Portugal Fugidos de Espanha desde que pagassem Gorda maquia
Depois o D. Manuel para os deixar sair só se eles pagassem farta e gorda maquia

A cultura " católica " é muito mais subtil
Girou em varias frentes
Olhe ainda ontem fez mais 500 SANTOS PADRES MORTOS NA GUERRA CIVILK DE Espanha
Só que a guerra civil em Espanha dita religiosa esteve longe de o ser ...mas na altura dava jeito que o fosse e o Salazar e o Franco aproveitaram para limpar o sebo a vários milhares de Seres Humanos
Este assunto será tratado pelo Ecoador quando tiver tempo ate porque estou a ler about

E ja que esta aí nos Estados Unidos
Diga lá quem detem o cacau por essa banda ?

EU e o BILL GATES, nao somos JUDEUS!! Nem BUSH, nem HILLARY. Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing
Voltar ao Topo Ir em baixo
jps

avatar

Mensagens : 127
Data de inscrição : 14/09/2007

MensagemAssunto: Re: Porquê Israel tem que ser destruído.   Seg Out 29, 2007 9:21 am

Decidi fazer horas extras pois colei o post errado.....ou seja devia ter começado pelo primeiro artigo.

Então para melhor compreenção aqui vai.

««««««
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
jps

avatar

Mensagens : 127
Data de inscrição : 14/09/2007

MensagemAssunto: Re: Porquê Israel tem que ser destruído.   Seg Out 29, 2007 9:22 am

Aqui é que era..........

««««««««««Com o devido respeito pelos membros da (Sinagoga do ECO) (li há dias e gostei da ideia).....decidi colocar aqui um extrato, porventura controverso, de um livro que estou a escrever sobre as razões do outro lado.

««««««Deve ser entendido que nesta analise não se considera o direito (divino) reclamado pelos judeus sionoistas a terra que dizem pertencer-lhe pelo direito historico, porque dessa forma teria-mos que dizer que a maioria das nações deste planeta foram edificadas em terras que pertenciam a outros povos que já as habitavam a data dos fundadores dessas nações. Assim começamos a nossa abordgem a data da criação do estado de Israel.

Conta a lenda sionista que,na sua criação,o estado de Israel foi mais uma das nações que conseguiram a independencia politica no pos guerra,com rebeliões ou guerras de libertação nacional contra os seus colonizadores imperialistas,como foi o caso da India,Indonesia,Argelia e tantos outros paìses.

Mas a verdade é que o surgimento de Israel difere totalmente desses exemplos,já que ele nasce como um enclave colonial instalado na Palestina para defesa dos interesses do imperialismo em territorios estrategicos.

A criação de Israel basea-se no transplante de uma população externa á região, os imigrantes judeus.

Apoiando-se na perseguição anti-semita e aproveitando-se do desespero dos judeus no pós guerra, que recorde-se não interressavam aos benemeritos vencedores, a organização sionista internacional organiza uma imigração,em especial da europa oriental,financiada por judeus milionários como Rotschild e estimulada pelas metropoles imperialistas visando a fidelidade desses povos (agora salvos,logo em divida) aos seus patrocionadores.

Os proximos capitulos seguem-se de acordo com as oportunidades de aqui vir........
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
jps

avatar

Mensagens : 127
Data de inscrição : 14/09/2007

MensagemAssunto: Re: Porquê Israel tem que ser destruído.   Seg Out 29, 2007 9:24 am

«««««««««««Na continuação do primeiro post sobre a problematica do estado sionista de Israel segue-se mais um exerto que dá continuidade aquilo que foi dito.

»»»»»»Assim deve compreender-se que instalação dos novos colonos judeuslevados pelo sionismo e imperialismo pode ser comparada com a dos colonosocidentais instalados no seculo XIX e inicio do seculo XX nas colonias inglesas da Rodesia e mais tarde nas Malvinas, das francesas na Argelia e da Holandesa na Africa do Sul.

Portanto os colonos judeus que se instalaram na Palestinanão são uma nacionalidade local oprimida pelo imperialismo, mas sim uma população estranjeira que se instala nas terras dos nativos e exerce um papel opressor ao serviço do imperialismo que para ali os empurrou.

Como estas populações são transplantes de uma minoria colonizadora, teem, por razões de subrevivencia um caracter racista e militarista pois só assim podem servir os disignios do imperialismo que ali os colocou.
Isto ficou bem claro com o governo branco da Rodesia,da Argelia e da Africa do Sul.

O facto de que os primeiros colonos sionistas na Palestina tenham sido judeus perseguidos e que não interesavam as potencias imperialistas da altura como populações de uma Europa ou America, não pode ocultar a realidade do projecto sionista desde o principio,que foi a criação de um enclave de natureza colonial.

Desde a sua fundação em 1948 o estado sionista de Israel serviu para que as grandes potencias imperialistas tivessem um “cão de guarda” dos seus interesses numa região estrategica como o Medio Oriente.

Evidencia desta predesposição esta o facto de ao terminar a primeira guerra mundial o lider sionista Chaim Weimann, mais tarde presidente de Israel,garantir ao imperialismo britanico que “uma Palestina judaica seria uma salvaguarda para Inglaterra, em particular no que dizia respeito ao Canal do Suês”.

Apoiado nessa população de colonos e nos seus benemeritos imperialistas Israel sempre se comportou conforme esse projecto e essa finalidade.Por isso é impossivel analizar o caracter de Israel enquanto estado sionista e a psicologia da sua população, sem tomar em linha de contae como ponto de partida essa “marca racista” do seu nascimento.»»»»»»

Ate ao proximo capitulo.......

Boa noite a todos do diabo de um portuguese man algures pelo mundo.........
_________________
Viver é dificil...mesmo quando alguem paga a
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Porquê Israel tem que ser destruído.   Seg Out 29, 2007 9:29 am

VINDO do SATANAZ, bom cada um tem a sua opiniao!!


Última edição por em Seg Out 29, 2007 12:53 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
ECOADOR

avatar

Mensagens : 205
Data de inscrição : 26/10/2007

MensagemAssunto: Re: Porquê Israel tem que ser destruído.   Seg Out 29, 2007 9:58 am

============
financiada por judeus milionários como Rotschild
============

Essa a verdade
Só que toda a gente já os topou
Sucede que os Judeus estão ou estavam a ser sustentados pelos americanos para servirem de cão de guarda no médio Oriente
Só que AGORA a presença dos judeus é um caso chato e complicado ja que Europa e Rússia e os árabes moderados fizeram ver á América que a única formula de eles saírem do Iraque sem serem borradas DE TODO TERAO QUE DAR AOS PALESTIANOS O QUE ELES PEDIREM

O PETISCO ESTA AGORA AÍ
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
vagalhao

avatar

Mensagens : 288
Data de inscrição : 22/10/2007

MensagemAssunto: Re: Porquê Israel tem que ser destruído.   Ter Out 30, 2007 2:45 am


Onde há dinheiro há Judeu
O que esta a acontecer agora é que eles querem demonstrar ao mundo que são Tao selvagens sádicos e bárbaros como as tropas do Adolfo Hitler

Só que hoje há a NET e o mundo vê mais depressa quem eles são
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Porquê Israel tem que ser destruído.   Ter Out 30, 2007 3:42 am

vagalhao escreveu:

Onde há dinheiro há Judeu
O que esta a acontecer agora é que eles querem demonstrar ao mundo que são Tao selvagens sádicos e bárbaros como as tropas do Adolfo Hitler

Só que hoje há a NET e o mundo vê mais depressa quem eles são

Depois de ler isto...

Já tenho o dia "ganho", "encheu-me" as medidas lol!
Voltar ao Topo Ir em baixo
jps

avatar

Mensagens : 127
Data de inscrição : 14/09/2007

MensagemAssunto: Re: Porquê Israel tem que ser destruído.   Ter Out 30, 2007 6:44 am

««««««««««««««Israel um estado racista (cont.)«««««««««««««««««««««


«««««««««A lei da nacionalidade estabelece claras diferenças na obtenção da cidadania para judeus e não judeus. Pela lei da cidadania,nenhum cidadão israelita pode casar-se comum residente dos territorios ocupados da Palestina. Caso isso ocorra, perde os direitos de cidadania de Israel e a familia, se não viver separada, deve imigrar.
Pela lei do retorno,qualquer judeu do mundo pode ser cidadão israelita. Mas os dos cidadãos palestinianos do estado de Israel que vivem no estranjeiro ( muitos deles expulsos das suas terras na Palestina,ou os seus descendentes) não podem obter o mesmo beneficio simplesmente pelo facto de não serem judeus.
A lei do ausente, permite a expropriação de terras que não tenham sido trabalhadas durante um certo periodo de tempo (facil, bloqueia-se a entrada aos donos palestinianos, e logo aplica-se a “lei”). A maioria das expropriações como e do conhecimento geral, foi realizada contra refugiados palestinianos no exilio, palestinianos cidadãos de Israel que residia na margem Ocidental do rio Jordão e possuia terras na area ampliada de Jerusalem. Estas “leis” são apenas uma parte da legislação sionista utilizada exclusivamente contra a população arabe de Israel.
Alem do importante elemento economico,derivado da perda de terras pelos palestinianos,o principal objectivo destas “leis” e o componente social : a divisão de muitas familias que assim são forçadas a imigrar.
Outras “leis” que hoje começão a ser denunciadas pela comunidade internacional, são as que por exemplo impedem o casamento de pessoas não judias que habitam areas destintas dos territorios ocupados, e em alguns casos até, a reunificação de familias, marido e mulher, pais e filhos.
Em 2000,de modo semelhante, o estado sionista “reavivou” regras que diziam respeito aos palestinianos cujos cônjuges eram cidadãos de paises arabes,isto é, não ocidentais que acabaram por não terem autorização de regressar as suas casas.
Durante os anos que se seguiram a Oslo (1994 a 2000) foram dadas instruções para atrasar o processo de unificação familiar pelo qual milhares de familias dos territorios ocupados continuam a espera.
Estas familias não vivem em Haifa ou Ashkelon (cidades de Israel), mas sim na margem Ocidental e na Faixa de Gaza.


To be continued....................
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
jps

avatar

Mensagens : 127
Data de inscrição : 14/09/2007

MensagemAssunto: Re: Porquê Israel tem que ser destruído.   Ter Out 30, 2007 6:46 am

««««««««««««««««Israel um estado racista (cont.)

Pese o facto de o representante judaico desta “sinagoga” argumentar com apresentação de documentos reais, os quais são do dominio publico, e que como tal aceites como verdadeiros até pelo insuspeito JPS, em nada altera aquilo que atras ficou dito, pelo facto tambem conhecido de que tais leis não são aplicadas da forma que estão escritas.
Elas foram escritas, não para serem cumpridas dentro do estado sionista, mas sim como requesito imcontornavél á sua aceitação e aprovação pela comunidade internacional.
Dito isto, voltamos á continuação da apreciação feita sobre o estado sionista de Israel, independentemente dos pareceres do nosso amigo discordante.

Israel, uma sociedade violenta e militarizada:


Um estado como Israel necessita exercer uma violência permanente contra a população dominada. Para manter o seu caracter colonial e racista não pode tolerar qualquer acto de resistencia interna ou externa com desafios as suas fronteiras.
O seu proprio caracter, leva-o a ser um estado expansionista e a reprimir qualquer questionamento minimo á sua natureza. Por isso, Israel sempre praticou uma politica de “limpeza étnica” dos Palestinianos, arrancando-os das suas terras ou reprimindo de forma desumana os Palestinianos que vivem nas suas fronteiras com os territorios ocupados.
Incontavel numero de prisioneiros politicos Palestinianos apodrecem nas prisões de Israel com a agravante de muitos deles serem ainda crianças.
A tortura é praticada com autorização da justiça e os assassinatos colectivos de Palestinianos (apelidados de terroristas por conveniencia) são uma rotina diaria. A esse estado não se pode dar outro nome senão o de “racista”, porque quando se persegue um povo inteiro ou se tenta expulsa-lo com o objectivo de obliterar a sua identidade, não há outro nome que melhor expresse essa essência politica.

A terrivel contradição historica é que, são os descendentes dos judeus perseguidos na Europa pelo regime Nazi de Hitler, que agora aplicam os mesmos metodos de que foram vitimas contra outro povo.
Para defender esse caracter do estado Sionista, a população israelita tem que viver permanentemente em “pé de guerra”. Ao cumprir 18 anos, todos o cidadão ou cidadã deve cumprir um serviço militar obrigatorio de três anos para os homens e 2 para as mulheres. A partir daí tornam-se reservistas” até aos 50 anos. (to be continued).
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Porquê Israel tem que ser destruído.   Ter Out 30, 2007 9:51 am

ISRAEL e a unica DEMOCRACIA na REGIAO. ISRAEL sempre terao nos USA uma GARANTIA de sobrevivencia. O dia que ISRAEL FOR DESTRUIDO, O medio oriente ja virou PO!!

O facto e que as esquerdas, o terror e o NAZISMO teem em comum, o odio aos JUDEUS!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
ECOADOR

avatar

Mensagens : 205
Data de inscrição : 26/10/2007

MensagemAssunto: Re: Porquê Israel tem que ser destruído.   Ter Out 30, 2007 11:56 am

ALIANÇA DAS CIVILIZAÇÕES


Adriano Moreira
professor universitário






















A iniciativa do secretário-geral da ONU, que em 2005 lançou a chamada
Aliança das Civilizações, foi definida em oposição e resposta à popular
tese do conflito das civilizações. O propósito é da maior urgência, o
grupo de interventores na busca de compreensão, doutrina, e resultados,
tem indiscutível qualidade e projecção internacional, e o relevo dado
pela contribuição de André Azoulay e Hubert Védrine ao conflito entre
Israel e Palestina recolhe generalizadamente apoio dos observadores. Um
relevo que deriva não apenas dos sofrimentos e destruição que, nos 60
anos decorridos entre as resoluções da ONU de 1948 e a intervenção
desta Aliança, excederam todos os esforços da comunidade internacional
para colocar um ponto final no martírio das populações. Também não é
errado filiar neste conflito o alargamento da percepção pública do
terrorismo global como sendo especialmente muçulmano, com tendência
para abranger a totalidade desse grupo cultural no juízo definitivo dos
ocidentais, que se assumem, com fundamento, como o objectivo selectivo
do ataque. Talvez ajude a racionalizar a situação admitir que se trata
de um processo com duas vertentes, uma vertente política e outra
económica. Na primeira delas avulta a memória de um passado ocidental
de domínio das regiões e pessoas onde se organizaram os centros
decisores e os movimentos da retaliação terrorista; na segunda, a
questão do de-senvolvimento humano sustentado, a apropriação dos
recursos económicos sem equidade, a pobreza imputada ao passado
colonial findo, têm potencialidade suficiente para de-senvolver um
conflito sem invocação do capital de queixas contra a passada
organização política. O fim do euromundismo fez ruir as técnicas de
contenção desenvolvidas para dar apoio ao domínio das potências
ocidentais, e o facto sem precedente que se produziu foi o de todas as
áreas culturais falarem pela primeira vez com voz própria na cena
internacional.


A partilha do território destinado pela ONU à constituição dos dois
Estados seguiu a linha da persistência da hegemonia ocidental. A tese
da fatalidade do conflito das civilizações pareceu contribuir para
amenizar a importância específica daquela partilha como dinamizadora do
conflito global. Digamos que o terrorismo não será necessariamente
eliminado pela cessação do conflito entre Israel e a Palestina, mas que
sem a resolução deste conflito não será fácil controlar com êxito esse
confronto. Este caso da Palestina não é comparável ao bater das asas da
borboleta que origina um tufão, porque desde o início foi grave e desde
logo causa evidente de uma cadeia de efeitos directos e colaterais
extremamente dolorosos. Mas tendo em vista a turbulência causada ao
longo de todo o cordão muçulmano, o progresso dos desastres tem de
ser-lhe associado. A Aliança para as Civilizações, com louvável
realismo, não se limita a enunciar princípios que são suficientemente
conhecidos, nem abandona a regra de que, entre várias propostas de
solução, a mais simples é sempre a mais aproximada da realidade. Chamar
à responsabilidade todas as entidades que tomaram parte neste processo
irracional implica, segundo os responsáveis pela iniciativa em curso,
que a ONU, principal interveniente em 1948, torne claras para os
israelitas, palestinianos, muçulmanos, ocidentais e outros, a lição e
razões destes recentes anos de confrontação, sangue, humilhação e medo
largamente partilhados. Digamos que a proposta se traduz num desafio,
certamente com fundamento, sem grandes precedentes, e ainda com menos
casos de eficácia: pedir aos responsáveis externos por este desastre de
60 anos, que fez do conflito entre Israel e a Palestina um dinamizador
do terrorismo global, que assumam a responsabilidade do erro, e um
arrependimento activo. Provavelmente será ainda mais eficaz conseguir
que israelitas e palestinianos consigam assumir que a sua vontade de
paz partilhada é a mais insubstituível das decisões para libertarem o
seu futuro dos erros próprios e dos erros de terceiros.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
ECOADOR

avatar

Mensagens : 205
Data de inscrição : 26/10/2007

MensagemAssunto: Re: Porquê Israel tem que ser destruído.   Ter Out 30, 2007 11:58 am

destaco

Digamos que o terrorismo não será necessariamente
eliminado pela cessação do conflito entre Israel e a Palestina, mas que
sem a resolução deste conflito não será fácil controlar com êxito esse
confronto. Este caso da Palestina não é comparável ao bater das asas da
borboleta que origina um tufão, porque desde o início foi grave e desde
logo causa evidente de uma cadeia de efeitos directos e colaterais
extremamente dolorosos. Mas tendo em vista a turbulência causada ao
longo de todo o cordão muçulmano, o progresso dos desastres tem de
ser-lhe associado. A Aliança para as Civilizações, com louvável
realismo, não se limita a enunciar princípios que são suficientemente
conhecidos, nem abandona a regra de que, entre várias propostas de
solução, a mais simples é sempre a mais aproximada da realidade. Chamar
à responsabilidade todas as entidades que tomaram parte neste processo
irracional implica, segundo os responsáveis pela iniciativa em curso,
que a ONU, principal interveniente em 1948, torne claras para os
israelitas, palestinianos, muçulmanos, ocidentais e outros, a lição e
razões destes recentes anos de confrontação, sangue, humilhação e medo
largamente partilhados. Digamos que a proposta se traduz num desafio,
certamente com fundamento, sem grandes precedentes, e ainda com menos
casos de eficácia: pedir aos responsáveis externos por este desastre de
60 anos, que fez do conflito entre Israel e a Palestina um dinamizador
do terrorismo global, que assumam a responsabilidade do erro, e um
arrependimento activo. Provavelmente será ainda mais eficaz conseguir
que israelitas e palestinianos consigam assumir que a sua vontade de
paz partilhada é a mais insubstituível das decisões para libertarem o
seu futuro dos erros próprios e dos erros de terceiros.
[url=europa-e-o-mundo-f3/porque-israel-tem-que-ser-destruido-t464-15.htm#top][/url] [url=europa-e-o-mundo-f3/porque-israel-tem-que-ser-destruido-t464-15.htm#bottom][/url]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
ECOADOR

avatar

Mensagens : 205
Data de inscrição : 26/10/2007

MensagemAssunto: Re: Porquê Israel tem que ser destruído.   Ter Out 30, 2007 12:00 pm

e ainada com mais destaque

pedir aos responsáveis externos por este desastre de
60 anos, que fez do conflito entre Israel e a Palestina um dinamizador
do terrorismo global, que assumam a responsabilidade do erro, e um
arrependimento activo
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
jps

avatar

Mensagens : 127
Data de inscrição : 14/09/2007

MensagemAssunto: Re: Porquê Israel tem que ser destruído.   Qua Out 31, 2007 4:59 am

««««««««Israel, uma sociedade violenta e militarizada.(cont....)««««««««

Independentemente das imoralidades que se tentam justificar recorrendo a verdades convenientes a verdade é que o massacre diário de Palestinianos pelo governo sionista de Israelso tem procedentes na Alemanha Nazi.......

(JPS in Memórias do nosso tempo).

A população de Israel é uma população educada para estar sempre ao serviço do exercito. E isto é naturalmente aceite pelos israelitas,já que somente a força das armas pode garantir a sobrevivencia do estado sionista. Por isso ,as forças armadas são na realidade a instituição mais importante do estado. Não é casual que os lideres politicos mais importantes da historia do estado sionista tenham sido maioritariamente provenientes das altas patentes militares.
Para a população de Israel, o uso da violencia contra os Palestinianos ou os vizinhos àrabes é um “facto natural”. Por exemplo, a repressão em Gaza e Cisjordania raramente é informada dentro de Israel. Na realidade há indicadores provenientes de creditadas instituições que afirmam que principalmente os Palestinianos nem sequer são considerados seres humanos, ou pelo menos com direitos humanos, por grande parte da sociedade israelita, em especial nos meios mais extremistas como o dos colonos da linha da frente da ocupação sionista.
Os mortos e os presos turturados são vistos como consequencias do “direito de defesa”. Antes estas informações nem sequer faziam da informação ao dispor dos israelitas, era apenas um problema politico e policial de Israel resolvido não judicialmente mas militarmente, portanto uma praga a ser com mais repressão.
Outra expressão dessa sociedade racista são as divisões e desigualdades entre os diferentes grupos da população judia. Historicamente, a élite é composta pelos “asquenazis”, os judeus originários da Europa. Abaixo deles estão os judeus Orientais ou “safardis”, que recebem um tratamento melhor que os judeus arabes. Nas ultimas decadas, a imigração de mais de um milhão de judeus Russos ( para contrapor o crescimento da população arabe) originou um sector no tecido social do estado sionista muito pouco apreciados pelas élites governantes pelo facto de não serem tão adamantes relativamente as praticas de desumanas no tratamento doa Palestinianos.
Por esta razão, hoje são vistos como párias e acusados de parasitas dos subsidios do estado.
Por outro lado os colonos agricolas que vivem nos territorios ocupados em 1967, formam um sector que cumpre um papel de parasita, mas como são a base de sustentação da direita e etrema direita religiosa, não são visto como parasitas, mas sim como herois e pontas de lança da colonização das terras palestinianas e da espulsão dos Palestinianos. Em geral fazem parte das ultimas imigrações e vivem em “bunkers” muito protegidos ao lado da população arabe, em troca de subsidios e financiamentos a fundo perdido desponibilizados pelo estado sionista.
Nos ultimos anos surgiu tambem uma população flutuante de imigrantes temporários não judeus trazidos de lugares como as Filipinas e outros paises da Asia para substituir a mão de obra palestina, compensando assim os efeitos negativos do fecho das fronteiras.
Estimam-se que sejam na ordem das 500.000 pessoas que devido as condições de pobreza nos paises de origem, são forçados trabalhar numa situação de semi-escravatura ( os seus documentos são retidos ate ao fim dos contracto) em setores como a construção civil,saneamentos basicos e outrs trabalhos antes feitos só por Palestinianos. Esta é no fundo uma população de párias, que é por inerencia da sua proveniencia,cultura e religião, vivem á margem da sociedade Israelita.

(to be continued)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Porquê Israel tem que ser destruído.   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Porquê Israel tem que ser destruído.
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 8Ir à página : 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte
 Tópicos similares
-
» ISRAEL: MAIOR SINAL DOS FINAL DOS TEMPOS
» Israel e o Messias
» Apocalipse, até onde há somente figuração de liguagem e até onde é real?
» Judeus de Israel e da Alemanha rejeitam contatos com representantes do Vaticano.
» A futura invasão Russa por Israel

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Europa e o Mundo-
Ir para: