InícioInício  FAQFAQ  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  MembrosMembros  GruposGrupos  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Fotografia

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
ypsi



Mensagens : 889
Data de inscrição : 15/09/2007

MensagemAssunto: Fotografia   Sex Nov 02, 2007 2:38 am

Paris inaugura Bienal às margens do Sena


As margens do rio Sena, em Paris, são o palco da Primeira Bienal de Imagens do Mundo - Photoquai, que reúne fotografias de mais de 70 fotógrafos de nações fora do tradicional eixo Europa-Estados Unidos, como países da Ásia, Oriente Médio, América Latina e África.
O evento destaca a criação contemporânea de fotógrafos conhecidos destes países.

Entre eles estão os brasileiros Sebastião Salgado, Carlos Freire, João Wainer, Numo Rama, Lúcia Guanaes e Iatã Cannabrava.

O evento ocorre em nove diferentes locais da capital francesa, situados às margens do Sena. A maior parte dos trabalhos ficará exposta ao ar livre, mas alguns museus parisienses também vão abrigar fotografias.

A Embaixada do Brasil em Paris abriga os trabalhos de Sebastião Salgado, expostos desde esta terça-feira, e de Carlos Freire, cuja exposição será inaugurada no dia 14 de novembro.

A Photoquai é organizada pelo Museu do Quai de Branly, dedicado às artes "não-ocidentais”.

Índios Botocudos

Grande parte das obras ficará exposta na ponte Debilly, situada em frente ao Museu do Quai de Branly, e nas margens do rio próximas ao museu.

As fotos exibidas sobre a ponte Debilly, uma estrutura metálica com piso em madeira, estão instaladas em espaços inspirados nas típicas barracas dos “bouquinistes", os vendedores de livros que trabalham nas margens do Sena.

Nos espaços ao ar livre será possível conhecer a obra de fotógrafos contemporâneos de países como o Irão, Rússia, Síria, China, Índia, Venezuela, Colômbia e República do Congo, entre outros.

Um dos destaques da Photoquai é a exposição Câmera Obscura, no Museu do Quai de Branly, que mostra os primeiros retratos feitos com daguerreótipos, a partir de 1841.

As imagens feitas com o sistema inventado por Louis Daguerre mostram visitantes estrangeiros “exóticos” que eram levados a Paris, como os índios Botocudos do Brasil, em 1844.


BBC Brasil (01-11-2007)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
ypsi



Mensagens : 889
Data de inscrição : 15/09/2007

MensagemAssunto: Re: Fotografia   Qui Nov 08, 2007 12:27 pm

Fotografia de vítima do genocídio ruandês ganha prémio da National Portrait Gallery




Uma foto de uma mulher violada durante o genocídio de Ruanda, em 1994, do israelita Jonathan Torgovnik, ganhou o Prémio para Retrato Fotográfico da Nacional Portrait Gallery de Londres, no qual também foi finalista a argentina Julieta Sans.

Com esta imagem, intitulada “Joseline Ingabire com a sua filha Leah Batamuliza, Ruanda”, Torgovnik recebeu um prémio de 12 mil libras, cerca de 17 mil euros, da reputada galeria londrina.

Joseline é uma mulher tutsi que foi violada sistematicamente por milicianos. Nesta fotografia foi apanhada com um olhar triste e abraçada a Leah, enquanto que a sua segunda filha, Hossiana, aparece ao fundo, à porta de uma casa com paredes de barro.

“Aparentemente este é um retrato de uma bela mulher e dos seus filhos. A sua beleza está aí, mas por trás há algo silencioso e terrível”, disse Torgovnik, cuja obra faz parte de uma série dedicada às mulheres violadas no genocídio ruandês, que ocorreu entre Abril e Junho de 1994 e causou pelo menos 800 mil mortos.

O segundo prémio distinguiu a argentina Julieta Sans pelo sensual retrato Lucila a.m., que representa uma amiga da fotógrafa em robe, numa pose sugestiva. Julieta Sans, que trabalha no campo da publicidade como "freelancer", recebeu 3 mil libras (mais de 4 mil euros) pelo seu trabalho.

A sul-africana Michelle Sank, com a foto “Janine”, e o inglês David Stewart, com a obra “Alice & Fish, ficaram também entre os finalistas, no segundo e terceiro lugar, respectivamente.

O júri do prémio, que vai na sua quinta edição, seleccionou 60 retratos dos 6900 apresentados por 2700 fotógrafos de todo o mundo, um recorde para o galardão, de acordo com a galeria.

Os 60 trabalhos estarão expostos na National Portrait Gallery, numa mostra dedicada inteiramente ao retrato nos vários géneros artísticos, desde amanhã, dia 8 de Novembro e até dia 24 de Fevereiro.

07.11.2007 - PUBLICO
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Fotografia
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Combinação - (fotografia)
» [Dúvida] - Ondas
» Permutação - (uma fotografia)
» Lançamento Obliquo
» As fotos

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Artes & Letras-
Ir para: