InícioInício  FAQFAQ  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  MembrosMembros  GruposGrupos  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 'Expresso' abre inquérito interno a notícia falsa

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Presidente da Junta
Admin
avatar

Mensagens : 944
Data de inscrição : 17/10/2007

MensagemAssunto: 'Expresso' abre inquérito interno a notícia falsa   Dom Abr 20, 2008 8:37 am

Shocked Shocked Shocked Shocked



A direcção do Expresso abriu um inquérito sobre a elaboração da notícia "Pinto da Costa nas urgências do Hospital da Luz", da autoria do jornalista Paulo Luís de Castro, publicada no site do Expresso na terça-feira e desmentida no mesmo dia pelo porta-voz do FCP.

Segundo um comunicado publicado no mesmo site, assinado por Henrique Monteiro, director do título, o objectivo do inquérito é apurar "as responsabilidades dos autores e intervenientes", já que se tratou de uma notícia que "não tem qualquer sustentação, pelo que jamais devia ter sido publicada".

"Tanto quanto é possível saber, no processo de confirmação da notícia não foram cumpridas normas exigíveis pelo Código Deontológico dos Jornalistas e pelo Código de Conduta dos Jornalistas do Expresso", diz o comunicado do Expresso .

O DN contactou o jornalista Paulo Luís de Castro, que recusou fa- zer qualquer comentário sobre o assunto.

Já Henrique Monteiro afirmou que "os erros têm de ter consequências", motivo pelo qual a direcção vai conduzir este inquérito, que vai tentar "analisar se houve intenção" por parte do jornalista e "porquê não foram cumpridas as regras". Para já, o director ainda não sabe qual será o resultado do inquérito, mas poderá, por exemplo, ser "aberto um processo disciplinar", caso se justifique.

O DN sabe que a redacção do semanário está preocupada com este caso, pois é a imagem do Expresso que está em causa. Henrique Monteiro acredita que se o erro tivesse ocorrido noutro jornal não teria tido tanta importância. "Não é normal os jornais pedirem desculpa", defendeu o director, que acredita que a imagem do semanário não será muito abalada. "Todos os acontecimentos negativos acabam por prejudicar alguma coisa. Mas o Expresso tem muita história, não será algo significativo", diz.

Processo de Pinto da Costa

O presidente do Futebol Clube do Porto já afirmou, segundo o jornal Record, que pretende processar o semanário. Para já, o caso será entregue ao departamento jurídico do clube. "Como dizia o dr. João Jardim, há jornalistas que trabalham em jornais e empregados de jornais. Como é que podem dizer que estava a entrar no hospital, quando estava a almoçar na Mealhada?! Tenho irmãos mais velhos e um sogro que recupera de uma operação que ficaram preocupados. O jornalista vai ter de explicar tudo", afirmou Pinto da Costa.

Henrique Monteiro afirma que o presidente do FCP "tem todo o direito em processar o Expresso" e que a decisão de pedir formalmente desculpas aos envolvidos - a Pinto da Costa, aos seus familiares e amigos e à administração do Hospital da Luz - foi tomada por vontade própria. "Esta decisão deveu-se a um imperativo ético da nossa parte e não está relacionada com qualquer tipo de processo", concluiu o responsável.

DN
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Vitor mango

avatar

Mensagens : 4711
Data de inscrição : 13/09/2007

MensagemAssunto: Re: 'Expresso' abre inquérito interno a notícia falsa   Dom Abr 20, 2008 9:48 am

Boa
Gosto de ver um Director a assumir os erros
Por acasol ouvoi esta historia num jantar familiar e fiquei de pé no ar
~EXPRESSO ???????????

O Expresso Online melhorou bastante ...alias ha umna reviravolta de todos os jornais Online na estranja com a inclusao de link Youtube ( ou do genero )
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
'Expresso' abre inquérito interno a notícia falsa
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Probabilidades Fácil
» O Propósito Dos Dons Do Espírito Santo
» Pneumatologia: agente externo x agente interno
» A NOTÍCIA DO DIA!
» sou mulher e não quero trabalhar interno.

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Opinião & Liberdade de Expressão-
Ir para: